Problemas com a qualidade de alguns componentes teriam motivado a Peugeot a adiar o lançamento do 408, novo sedã médio que tomará o lugar do 307 Sedan. O modelo é fabricado na Argentina, que seria o mercado de estreia do modelo.

Originalmente, o 408 começaria a ser vendido em novembro, data alterada para dezembro, mas, segundo o Argentina Autoblog, a montadora francesa resolveu remarcar o lançamento para março de 2011, mesma data prevista para a comercialização no Brasil, principal destino do sedã.

O Peugeot 408 foi apresentado pela primeira vez no Salão do Automóvel, em novembro. Maior e mais elegante que seu predecessor, o veículo terá motor 2.0 flex, câmbio automático com opção sequencial e lista de equipamentos generosa que inclui até GPS rebatível.

Na mesma época em que chegar ao Brasil, o 408 encontrará outros dois lançamentos recentes, o Fluence, da Renault, e o novo Jetta, da Volkswagen.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/