Para os que ainda acreditavam que exisitiria um 308 Sedan, a Peugeot confirmou nesta segunda-feira, 23, que o sucessor do 307 Sedan será o 408, modelo que a filial chinesa apresentou pela primeira vez em abril.

Apesar da mudança da nomeclatura – o 308 será apenas vendido como hatchback -, o 408 não nega a origem. Ele usa a base do hatch, mas com mudanças importantes como detalhes próprios e entre-eixos maior, para oferecer mais espaço para os ocupantes e para permitir que a carroceria tenha um perfil mais elegante, um dos pontos mais criticados no 307 Sedan.

Segundo a Peugeot, 0 408 já roda em testes finais na Argentina sem nenhuna camuflagem, última etapa antes de seu lançamento, que ocorrerá no Salão do Automóvel de São Paulo, no final de outubro.

A expectativa é que o modelo comece a ser vendido no país em janeiro de 2011. O 408 é vital para a estratégia da Peugeot já que significa o mais ambicioso passo em direção ao concorrido segmento dos sedãs médios, hoje dominado pelos japoneses Corolla e Civic. Na mesma época, a rival Renault lançará o Fluence, substituto do fracassado Mégane. Como se vê, a briga está só começando.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/