A Peugeot se prepara para o lançamento comercial do iOn, clone do Mitsubishi i-MiEV e irmão gêmeo do Citroën C-Zero (que juntos, iOn e C-Zero, devem vender 25.000 unidades). Com sua alternativa urbana já encaminhada, é hora de projetar como seria seu esportivo elétrico do futuro. Daí a apresentação, durante o Salão de Paris, do roadster elétrico EX1, que também comemora o bicentenário da marca do leão.

Coerente com seu desenho esportivo, o EX1 é equipado com dois motores elétricos, instalados um em cada eixo, que juntos somam 340 cavalos de potência. Para provocar uma “intensa sensação de dirigibilidade”, como descreve a Peugeot, no EX1 piloto e passageiro vão sentados rentes ao solo e com as pernas esticadas. Além disso, o motorista tem dois controles à mão, simulando a condução de um avião. Ainda de acordo com a Peugeot, o EX1 “já quebrou inúmeros recordes de aceleração”.

Também chamam a atenção os bancos do tipo concha e as portas, de abertura invertida. Com design no estilo “gota d’água”, a novidade tem 90 cm de altura e 1,77 m de largura.

Rodrigo Mora

|