SLK? Z4? Nada disso. O rival mais direto para o Audi TT, o pequeno cupê alemão é o RCZ. Ao menos na opinião da Peugeout que, literalmente, fez uma versão francesa do concorrente germânico e o apresentará justamente em Frankfurt, ou seja, em território inimigo.

O RCZ é, sem dúvida, belo. Basta reparar no teto dividido longitudinalmente e nas lanternas para chegar a essa conclusão. O interior também surpreende pelo bom gosto e pelo nível de equipamentos. Tanto a parte externa quanto a interna têm acabamento em dois tons, o que denota acabamento de qualidade.

Os motores serão um 1.6 a gasolina e um 2.0 a diesel. O primeiro possui duas versões, com 156 e 200 cv de potência, além de câmbios manual de seis marchas ou automática seqüencial, também com seis velocidades – o diesel desenvolve 163 cv de potência. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 7,6 segundos, um valor razoável, mas o RCZ não polui tanto quanto se espera de um esportivo.

A pergunta que fica no ar é se existirão muitos interessados num modelo baseado no médio 308 já que a fama de esportividade e solidez dos carros alemães está muito acima dos seus vizinhos franceses. A resposta pode começar a ser dada no Salão de Frankfurt, daqui há algumas semanas, onde o RCZ estará ao vivo.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/