A atual geração do Boxster acaba de receber suas primeiras mudanças e, de quebra, estreia com um novo nome. Agora o roadster compacto da Porsche passa a se chamar 718 Boxster, como uma referência ao modelo de competição Porsche 718, vencedor de diversas corridas nas décadas de 1950 e 1960.

Além da nova identidade, o Porsche 718 Boxster traz como destaque a nova motorização. O modelo agora é equipado com um motor horizontal de quatro cilindros com turbocompressão, totalmente novo, de 2.0 litros no modelo convencional e 2.5 litros na versão topo de linha “S”, este dotado de turbocompressor com turbina de geometria variável.

No caso do 718 Boxster, o novo quatro cilindros consegue entregar 300 cavalos de potência (aumento de 35 cv em relação ao antigo 2.7 de seis cilindros) e 38,7 kgfm de torque (ganho de 10,2 kgfm), disponível entre 1.950 e 4.500 rpm. Com o câmbio automatizado PDK e o pacote Sport Chrono, o modelo vai de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos (0,8 s mais rápido) e alcança velocidade máxima de 275 km/h.

Já o 718 Boxster S rende 350 cv e 42,8 kgfm, entre 1.900 e 4.500 rpm, o que representa um aumento de 35 cv e 6,1 kgfm, respectivamente, sobre o antigo 3.4 litros aspirado de seis cilindros. Com a transmissão PDK e o pacote Sport Chrono, o esorrtivo acelera de 0 a 100 km/h em 4,2 s (0,6 s mais rápido) e atinge máxima de 285 km/h.

Além de mais potentes, os novos motores estão mais eficientes, com melhoria de economia de combustível de até 13 por cento. O 718 Boxster consegue entregar média de 14,5 km/l, enquanto o 718 Boxster S consome 13,7 km/l.

Os modelos trazem de série um caixa manual de seis marchas. O câmbio PDK, disponível como opcional, agora oferece marchas virtuais, que também contribui para economia de combustível.

O chassi também passou por mudanças e agora traz um acerto completamente novo, aumentando a performance em curvas. A direção eletromecânica, por sua vez, foi reconfigurada e está 10% mais direta. Como opcional, a marca oferece um sistema de gerenciamento ativo da suspensão, batizado de Porsche Active Suspension Management (PASM), que tem diminui a altura do veículo em dez milímetros, ou vinte milímetros no caso da versão “S”.

No pacote Sport Chrono, há o programa Individual, além das opções Normal, Sport e Sport Plus.

 
 
Porsche Boxster 2016
 
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
 
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
 
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
 
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
 
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
 
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
 
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
 
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
 
Porsche Boxster 2016
Porsche Boxster 2016
 
 

A caminho do Brasil

O 718 Boxster traz ainda alterações visuais, com direito a entradas de ar mais amplas, novos faróis bixenônio com luzes diurnas de LED (ou com quatro pontos de LED, como opcional), rodas de liga-leve redesenhadas de 19 ou 20 polegadas e traseira completamente redesenhada, com aparência de ser mais larga.

No interior, há um novo painel de instrumentos e sistema multimídia com navegação com controle por voz, interfaces de áudio e Sound Package Plus, com 110 watts de potência.

O novo 718 Boxster estará disponível na Europa a partir de abril, com preço inicial de 53.646 euros para o modelo convencional e 66.141 euros para o “S”. No Brasil, o novo esportivo chega ainda neste semestre.

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade |

Veja mais notícias da marca