O grande dilema do utilitário esportivo, sobretudo no Brasil, é conciliar desempenho com economia. Como são geralmente mais pesados que sedãs e hatches, os SUVs com motores equivalentes andam menos ou, caso venham com um propulsor adequado, acabam gastando muito. Mas há exceções.

A mais recente é o Q3 1.4 TFSI. O menor SUV da Audi agora é vendido no Brasil com visual renovado e uma motorização mais ‘urbana’, com 150 cv de potência e economia de combustível tão grande que o modelo ganhou nota A do Inmetro.

Só faltou ser flex, o que deve ocorrer em meados do no ano que vem quando o Q3 passará a ser produzido no Brasil. Ou seja, a linha 2016, lançada neste mês, é uma espécie de prévia da versão nacional.

 
 
Audi Q3 2016: motores mais eficientes e preços começando mais embaixo Audi Q3 2016: motores mais eficientes e preços começando mais embaixo
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
Audi Q3 2016 Audi Q3 2016
 
 

Visual parecido

Como em outros casos na marca alemã, o Q3 mudou pouco e é preciso procurar com calma para notar as diferenças entre o novo e o anterior. A mais nítida novidade é a grade com moldura metálica. Segundo a Audi, trata-se do novo padrão desse tipo de veículo é vista também no irmão maior Q7.

Mas não foi só isso que mudou no Q3. Os faróis agora têm uma assinatura de LEDs diferente, em formato de “Y”, e os para-choques estão mais protuberantes, mas sem os faróis de neblina, que fazem parte do conjunto principal. Ainda assim, há entradas laterais nos para-choques dianteiros, apenas para compor o visual.

A traseira está bem parecida com a anterior, apenas leves retoques no desenho das lanternas e das luzes de neblina, portanto, se você ver o Q3 2016 por trás dificilmente vai reconhecê-lo.

Motor ideal

A mais notável diferença do Q3 é mesmo o motor 1.4 TFSI. É mais uma versão do propulsor que equipa modelos com o A3 e o Golf, mas aqui rendendo 150 cv e com mais de 25 kg de torque já a 1.500 rotações. A transmissão nesse caso é de dupla embreagem e seis marchas.

Com ele, agora o Q3 pode ser adquirido a partir de R$ 127.190 na versão Attraction, que traz também rodas de liga de 17 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, de chuva e luz, além de volante multifuncional.

É um bom pacote para um carro que anda bem na cidade e na estrada e consegue a proeza de gastar pouco. São 10,7 km por litro de gasolina na cidade, segundo o Inmetro, que divulga um dado um pouco mais pessimista do que motoristas mais cuidadosos conseguem.

E o melhor é que você nem sente falta de força no Q3. O motor 1.4 tem respostas rápidas e bem aproveitadas pelo ótimo câmbio.

 

Audi Q3 Attraction 1.4 2016

  • Resumo

    Preço

    R$ 127.190

    Categoria

    SUV médio

    Rivais

    Hyundai ix35, BMW X1, Mercedes-Benz GLA

    Vendas em 2015

    6.002 unidades

  • Mecânica

    Motor

    1.4 gasolina

    Potência

    150 cv a 5.000 rpm

    Torque

    25,5 kgfm a 1.500 rpm

    Transmissão

    Dupla embreagem de 6 velocidades

  • Dimensões

    Medidas

    4,388 m de comprimento, 1,83 m de largura, 1,59 m de altura e 2,6 m de entreeixos

    Peso

    1.405 kg

    Porta-malas

    460 litros

 

Versão 2.0 superior

Além da novidade 1.4, a Audi também relança as versões 2.0, agora com um motor mais avançado. Com 2 litros, o novo propulsor tem duas versões, uma com 180 cv e outra com 220 cv. Com elas e a transmissão S-Tronic de 7 velocidades, o Q3 consegue ir de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos e 6,4 segundos, respectivamente.

O segredo do novo motor é ter um sistema de injeção duplo. Além da injeção direta, usada quando é necessário ter mais performance, o 2.0 possui injeção indireta também, como nos carros mais simples. Ela é acionada em regimes de economia, onde não é exigido torque extra.

A versão 2.0 vem equipada com tração integral quattro em todos os pacotes, além de sistema de som Audi. Os preços vão de R$ 145.190 a R$ 190.190.

A potência extra é muito bem-vinda, mas o que mais você sente falta na versão 1.4 de entrada são os equipamentos de série. A tração integral também é um item de segurança importante, mas se sua rotina é mais cidade, trânsito e poucas escapadas para a estrada, não vai sentir falta.

Falta mesmo no Q3 alguns recursos que já passaram a ser comuns em modelos bem mais baratos. Quer saber um? Park Assist. O modelo não tem nem na versão top e isso porque a Volks, a marca-mãe, inventou. Central multimídia que conversa com smartphones via Android Auto e CarPlay? Também não.

Talvez sejam argumentos que estão sendo guardados para a versão nacional do Q3, que será lançada dentro de um ano, após o início de produção A3 Sedan, o primeiro Audi a voltar a ser brasileiro. Até lá, vale a pena ter o Q3 1.4, que de pequeno só mesmo o número.

Confira os preços do novo Audi Q3 2016:

Q3 1.4 Turbo 150cv Attraction R$ 127.190
Q3 1.4 Turbo 150cv Ambiente R$ 144.190
Q3 2.0 Turbo 180cv quattro Attraction R$ 145.190
Q3 2.0 Turbo 180cv quattro Ambiente R$ 165.190
Q3 2.0 Turbo 220cv quatrro Ambition R$ 190.190

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |