Além de sinônimo de alto luxo, o Mercedes-Benz Classe S, o sedã mais caro da marca, também sempre foi famoso por vir equipado com motores de múltiplos cilindros, como é o V12 da linha atual. Contudo, de uns anos pra cá, essa característica vem mudando consideravelmente, tanto que o carro já conta com uma versão com propulsor de quatro cilindros (250 CDI) e até uma opção com motorização híbrida, o S400 Hybrid. E a montadora está disposta a mudar ainda mais os atributos de seu modelo mais tradicional.

Segundo aponta reportagem do website AutoCar, a Mercedes-Benz planeja do S totalmente movida por eletricidade a ser incluída no catálogo da próxima geração do veículo, previsto para 2013. “Estamos estudando a demanda por este tipo de produto”, admitiu Thomas Weber, diretor técnico da fabricante, à publicação. É esperado também que o veículo receba novos blocos V6 e V8. Já o bloco V12 atual poderá ser descartado por questões de eficiência em consumo e emissões.

Thiago Vinholes

|