O grupo PSA, dono da Peugeot e da Citroën, enfim, decidiu concorrer no segmento que é considerado o mais promissor do futuro, o de carros de baixo custo. A nova família de automóveis será fabricada inicialmente na planta de Vigo, na Espanha, mas será direcionada aos mercados em desenvolvimento da África, Oriente Médio e da Europa, digamos, mais pobre.

Segundo o curto comunicado, o modelo será vendido tanto como Peugeot quanto Citroën e terá como público a classe média de países emergentes. Ou seja, fatalmente chegará ao Brasil.

Embora não tenha dado detalhes sobre a nova família de automóveis, especula-se que seguirão o mesmo conceito do Logan, da Renault: visual simples, mas espaço privilegiado para dar conta das famílias numerosas e com renda limitada dessas regiões do mundo. A PSA também não revelou quando o veículo será lançado.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/