A Renault prepara uma jogada de mestre no mercado brasileiro. A montadora francesa, depois de cinco anos de estudos e projeto, lançará no final de 2015 a Duster Oroch, primeira picape de um segmento intermediário, que é maior que uma Strada, porém, não grande quanto uma S10, para citar as duas mais vendidas do mercado.

Com cerca de 4,7 m de comprimento, a Duster Oroch oferecerá quase o mesmo espaço interno de uma picape média, mas sem trazer o inconveniente problema na hora de estacionar ou mesmo dirigir.
“Será um carro ideal para a família brasileira”, explica um executivo diretamente envolvido no projeto. Com espaço de sobra e uma caçamba com capacidade razoável, a Oroch promete aproveitar um nicho que surgiu nos últimos anos quando as picapes médias cresceram e se sofisticaram: “há um gap de 50 mil reais entre modelos compactos e médios”, diz nosso interlocutor. É nesse meio que ela entrará”, completa.

Baseada no SUV Duster, a Oroch é, no entanto, mais sofisticada. Usará suspensão traseira independente em todas as versões. Por enquanto, ela chegará ao mercado apenas com tração dianteira e câmbio manual, mas uma transmissão automática e tração 4x4 estão confirmadas para uma segunda fase.

Em relação aos motores, serão os mesmos do Duster, o 1.6 e 2.0, ambos flex. Os preços devem ficar acima do SUV isso porque nas pesquisas, a Renault detectou que a picape passou uma impressão de produto superior. A marca também aposta no alto valor de revenda já que ela será a primeira do gênero – a Fiat também lançará um modelo semelhante, porém, um pouco maior e supostamente mais caro. O projeto, no entanto, está mais atrasado e só deve virar realidade no ano que vem.

A Renault planeja vender a Duster Oroch para famílias, mas também para donos de pequenos negócios, como um carro versátil, que sirva no trabalho e também no fim de semana. A marca não quis fazer previsões sobre as vendas, mas diz estar preparada para alterar a produção caso a picape tenha grande procura: “com a atual queda nas vendas, temos plena condição de produzir mais carros no Paraná”, confirma o executivo.

A Oroch chegará ao mercado com vários acessórios e personalizações. Uma delas é estratégica para as vendas, a extensão da caçamba. Graças a ela será possível levar uma moto no compartimento, deixando a tampa da caçamba aberta.

Por enquanto, a Oroch será vendida apenas no Brasil e Argentina, mas a marca não esconde a ambição de ver o modelo fazendo sucesso na África e Ásia.

 
 
Renault Duster Oroch Renault Duster Oroch
Renault Duster Oroch Renault Duster Oroch
Renault Duster Oroch Renault Duster Oroch
Renault Duster Oroch Renault Duster Oroch
renault Duste renault Duste
renault Duste renault Duste
renault Duste renault Duste
renault Duste renault Duste
 
 
Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |