Importar carro pode ser lucrativo, como tem mostrado a Kia. Mas nada como ter sua própria fábrica por aqui. A Chery é a primeira chinesa a dar esse importante passo para a consolidação da marca no País. Serão US$ 400 milhões investidos na planta de Jacareí, no interior de São Paulo, que produzirá 150 mil unidades ano. O anúncio ocorreu no mesmo mês em que a Toyota começou a erguer sua terceira fábrica por aqui. Prevista para inaugurar em 2012, a unidade de Sorocaba fabricará o compacto Etios, mantendo a planta de Indaiatuba exclusiva para o Corolla e a de São Bernardo responsável por peças.

Batista anuncia fábrica de carros elétricos

2010 também foi marcado pelas investidas da iniciativa privada na indústria nacional. Além do superesportivo Vorax, que chega em 2012, os elétricos também terão uma marca nacional. Pelo menos é o que garante o homem mais rico do País, Eike Batista. O dono do grupo EBX anunciou que investirá US$ 1 bilhão numa fábrica em São João da Barra, no Rio de Janeiro, para produzir veículos movidos a eletricidade. Esta será a segunda investida de Eike no setor automotivo: de 1992 a 2002, a JPX fabricou o Montez, um parrudo jipe que chegou a servir até mesmo o exército brasileiro. 

Começa o Salão de Paris 2010

O evento foi na França, mas quem dominou foram os alemães do Grupo Volkswagen, apresentando nada menos que nove lançamentos de todas suas marcas. Entre os carros dos sonhos, destaque para Lamborghini Sesto Elemento, Porsche Speedster, Ferrari SA Aperta, Lotus Esprit e Jaguar C-X75. Já quanto às novidades mais palpáveis, Paris revelou o novo Volkswagen Passat,Land Rover Range Rover Evoque, Volvo V60, Mercedes-Benz CLS (2ª geração) e Chevrolet Cruze hatch – todos com passaporte carimbado para o Brasil em 2011.

Thiago Vinholes

|