Um dos modelos mais luxuosos à venda no mercado brasileiro, o Rolls-Royce Ghost estreia sua segunda versão no País. Batizado de Ghost Series II, o novo modelo traz mudanças no visual e novos equipamentos. O curioso é que ele é o Rolls-Royce mais acessível a venda no Brasil, pela bagatela de R$ 2,9 milhões - outras versões podem ultrapassar os R$ 4 milhões. O Ghost Series II possui apenas um exemplar a pronta entrega por aqui, sendo que as próximas unidades poderão ser adquiridas somente sob encomenda, com espera de pelo menos seis meses.

O novo Rolls-Royce Ghost Series II traz como novidade os faróis, grade, para-choque dianteiro e capô, que foram redesenhados. Por dentro, o automóvel recebeu bancos com novo formato e um novo sistema multimídia, com tela sensível ao toque de 10,2 polegadas, armazenamento interno de 25 GB e conexão com internet WiFi. O sistema de som dispõe de 18 alto-falantes, 2 subwoofers e 7 tweeters.

Há ainda um novo navegador via satélite, parecido com o usado nos modelos de Fórmula 1, capaz de ler as condições de asfalto, prever mudanças no curso do carro e ajustar de forma automática as marchas mais adequadas para cada tipo de terreno e modo de condução. No entanto, este sistema ainda não está disponível para o Brasil.

O interior do Rolls-Royce Ghost Series II pode ser totalmente personalizado, com mais de 44 mil possibilidades. Caso o comprador opte pelas customizações, o preço e a fila de espera podem ficar ainda maiores.

O motor que equipa o Rolls-Royce é um 6.6 litros V12 biturbo, capaz de entregar 570 cavalos de potência, a 5.250 rpm, e 79,5 kgfm de torque, a 1.500 rpm, com transmissão automática ZF de oito velocidades. Segundo dados da fabricante, o Ghost Series II acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente a 250 km/h.

Crise não deve rebaixar Ghost no Brasil

Mesmo com a atual situação financeira do País, a Rolls-Royce segue confiante com as vendas do novo modelo. "Estamos tão confiantes no potencial de venda que temos a pronta entrega. São nas crises que se acham oportunidades, e fomos um pouco ousados, mas acreditamos no potencial do modelo", afirmou o presidente da empresa, Francisco Longo.

A marca deve vender entre 10 e 15 unidades do veículo no Brasil. “Nosso público-alvo tem enorme poder aquisitivo e, de certa forma, se blinda das instabilidades”, finalizou Milton Chameh, gerente comercial da Rolls-Royce Motor Cars São Paulo. 

 
 
Rolls-Royce Ghost Series II Rolls-Royce Ghost Series II
Rolls-Royce Ghost Series II Rolls-Royce Ghost Series II
Rolls-Royce Ghost Series II Rolls-Royce Ghost Series II
Rolls-Royce Ghost Series II Rolls-Royce Ghost Series II
Rolls-Royce Ghost Series II Rolls-Royce Ghost Series II
Rolls-Royce Ghost Series II Rolls-Royce Ghost Series II
Rolls-Royce Ghost Series II Rolls-Royce Ghost Series II
Rolls-Royce Ghost Series II Rolls-Royce Ghost Series II
 
 
Redação

Redação |