A Audi cometeu o fiasco de se ausentar do Salão do Automóvel de 2008, alegando que para comemorar seus quinze anos de Brasil – justamente na época do Salão – precisaria de um espaço maior para exibir seus modelos e celebrar a data, partindo então para a Bienal do Ibirapuera. Em 2010, a marca alemã retorna ao Salão trazendo 10 modelos – entre os quais, quatro novidades.

A1: é o carro mais esperado da Audi no Brasil. Com motor 1.4 turbo de 122 cv, deve desembarcar por aqui no primeiro trimestre do próximo ano, na faixa dos R$ 90.000, para brigar diretamente com Mini Cooper e, de quebra, as versões mais caras de smart fortwo.

A8: a terceira geração do luxuoso sedã ultrapassa os limites da tecnologia e conforto já vistos no Brasil, com sistemas que evitam colisões e que, no caso das inevitáveis, preparam os ocupantes para o pior. No quesito conforto, destaque para os bancos com vários tipos de massagem, aquecimento e ventilação.

RS 5: a gama RS estava meio apagada no Brasil, mas a nova direção da Audi do Brasil retomou a comercialização da série com vigor. O RS 5 alia a beleza de um cupê a um motor 4.2 litros V8, de 450 cv.

R8 Spyder: toda a brutalidade do R8 estará disponível no Brasil na versão conversível. Apresentado no Salão de Frankfurt do ano passado, o R8 Spyder leva motor 5.2 litros V10, de 525 cv.

Rodrigo Mora

|