Já foi o tempo em que o que acontecia na Europa refletia com pouco tempo de atraso no Brasil. Não precisa ir muito longe, basta voltar 10 anos no tempo. No final da década passada, desembarcavam aqui os novíssimos Focus, Golf e Astra, para ficar apenas em poucos exemplos.

Hoje em dia o que se faz lá pouco tem a ver com o que teremos em nosso país. Dos três carros citados acima, apenas o Focus está em linha com o exterior – os demais ficaram caros para o consumidor brasileiro.

Mas Frankfurt trouxe novidades que veremos em breve por aqui. A Fiat, por exemplo, mostrou o Grande Punto Evo, uma reestilização do hatch que deve ser estendida ao modelo fabricado em Betim. O novo C3, da Citroën, também chegará aqui, mas da mesma maneira que o Punto, o visual da carroceria será adaptado à plataforma do atual C3.

Outros modelos que sofreram mudanças e chegam ao país via importação naturalmente serão atualizados. É o caso do utilitário esportivo Land Cruiser Prado, da Toyota, do hatch C30, da Volvo, do Santa Fe, da Hyundai, e da perua Classe E, da Mercedes-Benz.

Fluence, o sucessor do Mégane II, confirmado

Inéditos no país também tiveram sua vinda confirmada. O mais importante deles é o Fluence, da Renault. Não falamos do conceito, mas do sedã comum, que será fabricado na Argentina em breve e tomará o lugar do Mégane II.

Outra estrela que desembarca em breve é o ix35, mais conhecido como o novo Tucson que, como se sabe, conviverá com o modelo velho no Brasil – este, por sua vez, será feito em Anápolis, GO. Da co-ligada Kia teremos o novo Sorento que agora virou crossover.

O Panamera, cupê de quatro portas da Porsche, já tem passagem comprada para o Brasil assim como as novas versões do Mini reveladas em forma de conceito mas que serão produzidas em breve.

Outras presenças praticamente certas são o Audi R8 Spyder e A5 Sportback, além do Citroën DS3. Todos eles ficarão com certeza para 2010, após abastecerem os mercados locais.

Podemos ter esperança também em ver unidades contadas dos esportivos SLS AMG, da Mercedes-Benz e 458 Italia, da Ferrari. O Lamborghini Reventón Roadster, mesmo com a representação no país pronta, será mais difícil devido à produção limitada.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |