Para se armar contra a nova geração dos modelos Chevrolet Cruze e Honda Civic, o atual Nissan Sentra acaba de estrear suas primeiras mudanças visuais. A linha 2016 do sedã médio está sendo apresentada no Salão do Automóvel de Los Angeles (EUA) e incorporou a mais recente identidade visual da fabricante japonesa, com forte inspiração no irmão maior Maxima, também reestilizado recentemente.

O novo Nissan Sentra concentra suas principais alterações no conjunto frontal da carroceria, com direito a um novo par de faróis com formato bumerangue, interligados a grade “V-Motion”, e para-choque e capô redesenhados. Nas laterais, a única novidade é as novas rodas, enquanto na traseira o sedã recebeu lanternas com novo layout interno e para-choque retocado.

 
 
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
Nissan Sentra 2016 Nissan Sentra 2016
 
 

Por dentro, a nova linha do sedã traz volante redesenhado, com linhas inspiradas no do esportivo 370Z, painel de instrumentos reformulado com tela TFT, novo console central, alavanca de câmbio com novo formato e novo revestimento para os bancos. Nos itens de série, há sistema de som premium Bose, ar-condicionado de duas zonas, alerta de pontos cegos, sistema multimídia com navegador GPS e NissanConnect Apps, entre outros.

O Sentra 2016 teve ainda sua suspensão recalibrada, graças ao uso de novas molas e amortecedores, ficando 10% mais firme. O motor que equipa o sedã nos Estados Unidos é um 1.8 litro de quatro cilindros, que entrega até 130 cavalos, com câmbio automático CVT Xtronic.

A nova linha do Nissan deve chegar ao mercado brasileiro no final de 2016. 

Redação

Redação |