A versão nacional do Suzuki Jimny já tem data para estrear no mercado: janeiro de 2013. A marca já havia confirmado a intenção de produção do veículo no país durante o Salão de São Paulo em 2010, porém, não divulgou detalhes da operação, que começa em dezembro do próximo ano, segundo assessoria de imprensa da fabricante no Brasil. O local também ainda não foi definido, mas Catalão (GO) é cogitada, aproveitando as instalações da Mitsubishi Motors. As duas montadoras são representadas no Brasil pelo Grupo Souza Ramos.

O Jimny feito no Brasil seguirá as mesmas especificações do modelo atual, que vem importado no Japão. O modelo tem motor 1.3 16V a gasolina de 85 cv, por sua vez associado ao câmbio manual de 5 marchas com três modelos de tração: 4x2, 4x4 e 4x4L (reduzida). O acionamento do sistema de tração integral é totalmente elétrico, dispensando a alavanca auxiliar. No que diz respeito a capacidade off-road, o veículo possui 200 mm de vão livre, ângulo de ataque de 37° e saída de 46°. Já as rodas são aro 15” calçadas em pneus na medida 215/75 R15.

O jipinho da Suzuki atualmente parte de R$ 54.990 ou R$ 57.790 na versão HB, mais requintada. Há também a série DDS, com mais equipamentos fora-de-estrada, como quebra-mato, estribo e pneus mais eficientes para o uso em terrenos acidentados. Custa R$ 70.780.

O Jimny é atualmente o automóvel mais longevo da linha Suzuki. Foi lançado há 40 anos e vem evoluindo com o passar o tempo. Segundo a marca, já foram vendidas mais 2,4 milhões de unidades do carro em 188 países. No Brasil, o veículo foi oferecido entre 1998 a 2003 e retornou ao mercado em 2008.

Thiago Vinholes

|

Veja mais notícias da marca