Em um segmento tão competitivo quanto o dos sedãs médios, a Toyota sabe que não pode repousar com tranquilidade nos louros do primeiro lugar em vendas da categoria.

Para manter o Corolla na ponta do ranking do segmento, a marca japonesa prepara uma mexida estratégica no modelo para corrigir alguns pontos onde atualmente ele deixa a desejar, começando pelos equipamentos.

A linha 2017 do sedã finalmente deverá trazer o controle de estabilidade em algumas versões, provavelmente na XEi e Altis. Em maio deste ano a divisão argentina da Toyota anunciou que tanto o Corolla bem como o Etios receberão esse importante recurso de segurança no “curto prazo”.

Além da segurança, o visual interno e externo será ligeiramente aprimorado. Ele ficará igual ao modelo apresentado na Europa, com novidades em especial nos faróis, grade dianteira e para-choque.

Pelo menos o interior, um dos pontos controversos do Corolla atual, será revisto com a inclusão de uma nova tela para a central multimídia e algumas mudanças no console central. Vale destacar que, pelo menos no Velho Continente, o Corolla ganhou vários equipamentos como o assistente de frenagem de emergência, aviso de saída de faixa de rodagem (Lane Departure Alert), farol alto automático (Automatic High Beam), dentre outros.

É interessante lembrar que os novos Chevrolet Cruze e Honda Civic contam com esses equipamentos e, caso a Toyota também os ofereça por aqui, o Corolla ganhará ainda mais competitividade.

A linha 2017 do Toyota Corolla deverá estrear no Salão de São Paulo em novembro deste ano e o início das vendas deverá ocorrer no primeiro trimestre de 2017.

 
 
Toyota Corolla 2017 (mercado europeu)
 
Toyota Corolla 2017 (mercado europeu)
Toyota Corolla 2017 (mercado europeu)
Toyota Corolla 2017 (mercado europeu)
 
Toyota Corolla 2017 (mercado europeu)
Toyota Corolla 2017 (mercado europeu)
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |