Quem passa pela estrada ao lado da nova fábrica da Toyota em Sorocaba, a 92 km de São Paulo, não imagina que ela estará pronta até o ano que vem, data inicialmente prevista para sua inauguração. A Toyota também está preocupada: segundo o jornal japonês Nikkei, a montadora quer retomar a construção da planta, de onde devem sair 150 000 veículos por ano, porém, segundo testemunhas ouvidas na cidade, o trabalho no terreno nunca foi interrompido, exceto de outubro de 2009 a março de 2010, quando as chuvas atrapalharam a terraplenagem.

A terceira fábrica da Toyota em São Paulo – de Indaiatuba sai o Corolla e em São Bernardo do Campo são produzidas peças de reposição – deverá construir o Etios, novo compacto da marca destinado a mercados emergentes e revelado no início do ano na Índia, outro mercado potencial. Cerca de 2 500 empregos diretos e outros 11 000 indiretos estão previstos em função da nova planta, que terá ao longo de sua construção R$ 1,6 bilhão em investimentos. A área total é de 3,7 milhões de metros quadrados.

Rodrigo Mora

|