A disputa pelo primeiro lugar nas vendas será intensa em 2011 e um sinal disso acaba de acontecer. O Uno superou pela primeira vez em muitos anos os emplacamentos do Gol, o carro mais vendido do Brasil há décadas. Foi em fevereiro quando o compacto da Fiat vendeu 21.470 unidades contra 20.989, diferença de apenas 481 carros.

No acumulado de 2011, no entanto, o Volks continua na frente – 44.048 emplacamentos ante 38.383 do Uno. Foi uma resposta da Fiat à liderança da Volkswagen em janeiro, outro fato incomum já que os italianos dominam o mercado brasileiro há um bom tempo restando à montadora alemã comemorar apenas a primazia do Gol.

Versão 2 portas

A situação começou a mudar para a Fiat em maio ao lançar a nova geração do Uno com um desenho jovial e alegre que agradou em cheio ao consumidor. Até então, o carrinho disputava com o Celta, da Chevrolet, a 3ª posição no ranking mais por conta do custo-benefício (é o carro mais barato do país) do que por suas virtudes de dirigibilidade. Cabia ao Palio, seu irmão mais novo a missão de enfrentar o Gol.
 
Com o novo Uno, a Fiat atingiu em cheio o carro da Volks, mas sobrou também para o Palio. Na escalada de vendas que se viu desde então, o Gol ainda se manteve pouco à frente mas o Palio despencou do 2º para o 5º lugar no ranking de 2010.

O Uno só não vendia mais por falta de produto. A linha de montagem de Betim, em Minas Gerais, precisou ser ampliada às pressas para comportar a demanda do modelo que teve a versão 2 portas suspensa até o começo de 2011.

Agora, com a linha completa, a Fiat investe para cima do Gol que, por sua vez, fez a Volkswagen apressar a primeira mudança visual no hatch desde 2008. Prevista para meados do ano, a atualização deixará o Gol parecido com a frente do novo Fox além de ganhar alguns itens extras. Ao contrário da concorrente, a VW continua  a guardar a versão 2 portas do modelo “na manga”. Talvez a derrota em fevereiro tenha feito a montadora alemã rever isso.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/