Para nós, brasileiros, acostumados a entrar em carros cujo interior está cada vez mais “plastificado”, ver como é por dentro o Porsche Panamera quase se transforma em um exercício de masoquismo.

A marca alemã divulgou esta semana fotos do interior do cupê de quatro portas, que será lançado na Europa em setembro e chegará ao Brasil no final do ano. Novidade na linha, o Panamera fará o papel intermediário entre os fãs do modelo 911, um cupê esportivo, e os que gostaram do espaço interno e conforto trazidos pelo Cayenne, mas não querem ter um utilitário esportivo na garagem.

Por isso, o Panamera será veloz, mas com mimos que farão os ocupantes esquecerem do exterior. Entre eles, estão o sistema de som Burmester, uma marca premium de áudio, que estreia no segmento automotivo. São 16 autofalantes além de um subwoofer, num total de 1000 watts de potência.

Democracia nos quatro assentos

Diferentemente dos modelos de luxo atuais, o Porsche terá quatro assentos com oito tipos de ajustes e memória. Os bancos traseiros contam com telas individuais para DVD, além de controles do ar-condicionado.

Na frente, a tela multifunção domina o painel, fazendo com que os comandos do ar-condicionado estejam colocados no console central. O acabamento, em dois tons, terá 13 opções de cor para o cliente escolher.

Com tanta tecnologia embarcada, chega a ser curiosa a presença de um relógio analógico acima do painel, um toque de classe em um carro do século 21.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/