A consultoria especializada no setor automotivo global Focus2move divulgou um relatório alarmante sobre o mercado de veículos novos na Venezuela: as vendas no primeiro semestre deste ano despencaram assustadores 77,5%. O cenário reflete até mesmo a grave crise de abastecimento que o país vizinho passa, onde faltam até mesmo itens de primeira necessidade.

O segmento automotivo em especial padece com a recente queda no preço do petróleo, a principal commoditie venezuelana, o que resultou em fornecedores não recebendo pagamentos e um efeito em cascata no setor. Segundo a Focus2move, não há uma previsão de melhora para os próximos meses na Venezuela.

A CAVENEZ, associação que reúne os deistribuidores de automóveis na Venezuela, anuncia que no mês de abril apenas 266 carros foram vendidos no país. Ao longo do primeiro semestre deste ano, somente 2.432 veículos ganharam as ruas. Apenas como comparação, de janeiro a junho deste ano no Brasil foram comercializados 951.206 automóveis e comerciais leves.

A Ford é a líder disparada no cada vez menor mercado venezuelano, com 60,9% de participação, seguida pela Dodge com 22,8%. O Ford Explorer é o modelo mais comercializado na Venezuela, com 528 unidades vendidas ao longo do primeiro semestre de 2016. O Ford EcoSport aparece em segundo lugar com 302 unidades, a Ford F250 em terceiro, e o Ford Fiesta e a F350 em terceiro e quarto lugares, respectivamente.

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |