A Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) divulgou o balanço de agosto sobre as vendas de veículos, apontando para uma alta de 8,5% no acumulado de janeiro até aqui, em relação a janeiro/agosto de 2009. Nos primeiros oito meses do ano, foram emplacados 2.077.531 automóveis e comerciais leves (SUVs e picapes), contra 1.914.821 vendas no mesmo período do ano passado. Já de julho para agosto, o crescimento foi de 3,99% - no mês passado, foram comercializados 296.609 carros, SUVs e picapes, contra 285.228 do mês anterior.

O presidente da Fenabrave, Sérgio Reze, justifica os resultados positivos: "o desempenho do setor automotivo reflete o bom momento da economia. O Brasil está crescendo. As promoções e os financiamentos também estão atrativos, com custos menores e fluxo abundante de recursos".

Considerando todo o setor – carros, comerciais leves, caminhões, ônibus e motocicletas e implementos rodoviários –, a alta de janeiro a agosto de 2010 em relação ao mesmo período de 2009 foi de 10,14%, com 3.410.604 unidades vendidas, contra 3.096.591 dos primeiros oito meses do ano passado. Somente em agosto de 2010, foram emplacados 482.379 veículos, uma alta de 4,5% frente às 461.604 comercializações de julho.
Montadoras

A liderança entre as fabricantes continua nas mãos da Fiat, que detém 23,5% de participação do mercado, seguida por Volkswagen (20,87%), General Motors (18,72%), Ford (9,92%), Renault (5,64%), Honda (3,51%), Peugeot (3,12%), Hyundai (3,02%), Toyota (2,72%) e Citroën (2,51%).

Rodrigo Mora

|