Em um ano, a venda de importados no mercado nacional cresceu 156,2%, segundo dados da Abeiva (Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores). No último mês, foram emplacados 19.227 modelos estrangeiros, ante 7.506 vendidos em maio de 2010. Sobre o mês de abril, quando foram comercializadas 16.574 unidades, maio representou um aumento de 16%.

Já o acumulado do ano soma 71.212 emplacamentos, um acréscimo de 109,9% sobre o aglomerado de 2010, que de janeiro a maio somava 33.920 vendas. A soma de janeiro a maio de 2011 representa 22,36% do total de veículos importados para o Brasil no período, e 5,27% das vendas de nacionais emplacados nos cinco primeiros meses do ano. Até o final de 2011, a Abeiva espera vender 165.000 importados.

Modelos importados pelas marcas instaladas no País não entram na conta, que considera apenas o desempenho das associadas à Abeiva: Aston Martin, Audi, Bentley, BMW, Chana, Chery, Chrysler, Dodge, Effa Changhe, Effa Hafei, Ferrari, Hafei Motor, Haima, JAC Motors, Jaguar, Jeep, Jinbei, Kia Motors, Koenigsegg, Lamborghini, Land Rover, Lifan, Maserati, Mini, Pagani, Porsche, Spyker, SsangYong, Suzuki e Volvo.

Rodrigo Mora

|