O ano de 2011 começou bem para a indústria automobilística brasileira, ao menos na comparação com o mês de janeiro de 2010. Neste período houve aumento de 13,9% com 229.859 emplacamentos, ante 201.744 do ano passado. Na comparação com dezembro, no entanto, foi registrada queda de 36,3%, o que já natural por conta do período de férias. Os números são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

E o panorama do mercado também já apresenta mudanças. No acumulado de vendas de automóveis de passeio e veículos comerciais leves a Volkswagen começou o ano na liderança, com uma fatia de 23,7%. A Fiat vem em seguida, com 20,2%, ficando à frente de General Motors (17,9%), Ford (9,9%) e Renault (5,9%). Completam o top 10 as marcas Honda (3,7%), Citroën (3,2%), Peugeot (2,7%), Hyundai (2,7%) e Toyota (1,9%).

O ranking dos 10 carros mais vendidos mudou ligeiramente, exceto na ponta, que segue com o Gol/Gol G4. Em janeiro, o modelo da VW somou 23.061 unidades, seguido pelo Fiat Uno/Mille, que teve 16.913 unidades emplacadas no período. Pulando da quinta posição para a terceira veio o Fox/CrossFox (11.408 unidades), à frente dos Chevrolet Classic/Corsa Sedan (8.815) e Celta (8.197), Fiat Strada (7.428) e Siena (6.580), Ford Fiesta (6.549), Fiat Palio (6.519) e, por fim, o VW Voyage (6.165).

Thiago Vinholes

|