A Volkswagen revelou no Salão de Detroit, que segue até o próximo dia 24 nos Estados Unidos, o novo Tiguan GTE Active Concept. Trata-se de um protótipo baseado na nova geração do SUV vendida no mercado europeu (a versão para os EUA, prevista para 2017, terá maior distância entre-eixos e interior capaz de levar sete pessoas), que traz como diferencial a aparência e vocação mais aventureira.

No visual, o Tiguan GTE Active recebeu rodas de 16 polegadas calçadas com novos pneus off-road, aumento da distância ao solo, para-choques mais robustos, molduras nas caixas de roda, proteção na base das portas, barras de teto com holofotes auxiliares e faróis de LED. O interior se diferencia pelo acabamento diferenciado e também pelas tecnologias, como o painel de instrumentos configurável e a central multimídia de 9,2 polegadas com controles por gestos. 

 
 
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
Volkswagen Tiguan GTE Active Concept Volkswagen Tiguan GTE Active Concept
 
 

O conceito é equipado com um motor 1.4 litro TSI, que desenvolve 150 cavalos de potência e 25,4 kgfm de torque, associado a outros dois elétricos, sendo um de 54 cv instalado no eixo dianteiro e outro de 114 cv no traseiro. A potência combinada, segundo a marca, é de 211 cv. Há ainda um câmbio DSG de seis marchas e dupla embreagem e tração integral 4Motion.

O carro funciona como um elétrico usando o motor traseiro, mas quando há perda de tração, as rodas dianteiras entram em ação com o outro propulsor. A tração integral pode ser ativada manualmente através do 4Motion Active Control ou quando o modo esportivo GTE está selecionado.

No modo totalmente elétrico, o VW consegue entregar autonomia de 32 km, graças às baterias de íon de lítio que somam 12,4 kWh, e atingir velocidade máxima de 113 km/h. Já no modo híbrido, o alcance máximo é de 933 km. 

Redação

Redação |