A primeira vista (ou até na segunda, talvez) o visual do Volvo Concept Universe é difícil de digerir. Trata-se do novo carro conceito da marca sueca, o primeiro sob administração da Geely, fabricante chinesa que adquiriu a empresa escandinava junto a Ford em 2010. Apresentado nesta terça-feira (19) no Salão de Xangai, na China, o modelo faz parte de um plano do Grupo chinês para elevar o padrão dos carros da Volvo ao nível de produtos do trio alemão Audi, BMW e Mercedes-Benz. Mas com esse visual?

A Volvo avisa que este é por enquanto apenas um estudo. Até o desenvolvimento final do carro, que deverá substituir a linha S80 em 2013, a marca fará uma série de pesquisas para adequar seu produto ao gosto dos consumidores de diferentes regiões do mundo.

O desenho do Concept Universe sugere modernidade e conta com elementos de design com os quais ainda não estamos habituados. As portas traseiras tem abertura no estilo suicida, de abertura contrária as convencionais, e o desenho do capô é abaulado. Chama atenção ainda o desenho da grade frontal e dos faróis. Já a traseira tem um caimento suave que remete ao estilo cupê e as lanternas com led correm porta a porção traseira e invade as laterais.

O interior foi pensado para 4 ocupantes viajarem “conectados”. As duas sessões de bancos conta com uma tablet para entretenimento e controle de outras funções do veículo. O design da cabine proposto para o conceito, no entanto, ainda é uma realidade muito distante. A tendência é que o cockpit do modelo final adote soluções mais tradicionais. A Volvo Cars, porém, não divulgou detalhes sobre a motorização de seu protótipo.

Thiago Vinholes

|