Apesar de se tratar de uma montadora premium, a Volvo atuava no mercado sem um modelo para o disputado segmento de sedãs topo de linha, onde os alemães BMW Série 5 e Mercedes-Benz Classe E nadam de braçada. Na última quarta-feira (2), a fabricante sueca revelou o novo S90, que será seu representante na categoria e tem apresentação pública marcada para o Salão do Automóvel de Detroit, que acontece em janeiro.

O novo Volvo S90 não se difere dos demais carros da empresa e aposta na sobriedade no visual. A exemplo do SUV XC90, o sedã traz como destaque os faróis com LEDs posicionados em uma espécie de “T”, além de grade com filetes verticais e acabamento em alumínio, linha de cintura elevada e lanternas que lembram um “C”, invadindo a tampa do porta-malas.

Por dentro o S90 abusa do refinamento, com direito a revestimento em couro premium e detalhes em madeira e metal. Chama atenção ainda o sistema de entretenimento com uma enorme tela sensível ao toque no console central, que dispõe dos sistemas Android Auto e Apple CarPlay.

“Nossa ideia era trazer algo totalmente novo para este segmento bastante conservador e entregar uma expressão visual que exala liderança e confiança no exterior. No interior, levamos o S90 a outro nível, oferecendo uma experiência de luxo high-end que promete conforto e controle”, disse Thomas Ingenlath, vice-presidente sênior de design da Volvo Car Group.

Há ainda uma série de recursos tecnológicos, como um sistema semi-autônomo avançado, batizado de Pilot Assist, que mantém o carro alinhado dentro das marcações da pista em velocidades de até 130 km/h. A lista inclui ainda o City Safety, agora capaz de detectar animais e pessoas, que alerta o motorista através de sinais intuitivos e consegue até mesmo frear o carro automaticamente para evitar uma colisão.

Assim como o XC90, o S90 é construído a partir da plataforma Scalable Platform Achitecture (SPA), com os mesmos motores do utilitário-esportivo, o que inclui o T8 híbrido plug-in, que combina um motor 2.0 litros turbo de quatro cilindros a gasolina, com 320 cavalos de potência, e outro elétrico de 80 cv, além de um gerador de 50 cv ligado ao virabrequim. O conjunto usa ainda câmbio automático de oito marchas e tração integral.

A Volvo deverá lançar o novo S90 no mercado brasileiro no segundo semestre de 2016. 

 
 
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
Volvo S90 Volvo S90
 
 
Redação

Redação |