Para os que não se contentaram com os 115 cv e 17,2 kgfm de torque do motor 2.0 8V aspirado do novo Jetta nos Estados Unidos, a Volkswagen já tem uma solução. A marca acaba de lançar no Salão de Chicago a versão GLI do sedã, que é impulsionado pelo mesmo propulsor 2.0, mas desta vez com auxílio de turbocompressor para gerar 200 cv e 21,1 kgfm. As vendas do carro, que partirá de US$ 23.495 (cerca de R$ 39.200, sem impostos), começam em março, entretanto, por enquanto somente nos EUA.

Associado ao motor turbo vai a transmissão semi-automática DSG de 6 velocidades e dupla embreagem ou então manual também com 6 marchas.  Já o diferencial do carro é do tipo XDS, o mesmo usado no hatch esportivo Golf GTI, que envia mais torque para a roda dianteira com menos tração, proporcionando mais aderência e segurança. Visualmente, o Jetta GLI tem grade em formato colmeia, em vez de filetada. Já o interior carrega o mesmo volante esportivo do Passat CC R-Line.

Por hora, a Volks divulga apenas dados de consumo médio de gasolina do Jetta GLI. Com câmbio manual o número fica em 13,1 km/l, enquanto o modelo DSG roda 13,6 km/l. Já o nível de itens varia de acordo com a versão, três no total – GLI, GLI Autobahn e GLI Autobahn Navigation. As rodas podem ser aro 17” ou 18” e o painel pode trazer uma tela de LCD touch screen para navegação e ar-condicionado dual-zone.

Novo Jetta no Brasil

Apresentado no Salão de São Paulo em 2010, o Jetta 2012 estreia nas concessionárias da Volkswagen no Brasil em março. Por aqui, o sedã será oferecido com o motor 2.0 turbo de 200 cv, mas o nome GLI, como no modelo americano, não será usado no país. O carro, que já foi flagrado rodando em território nacional, também será oferecido somente com a opção de câmbio DSG. Seu preço ainda é desconhecido.

Thiago Vinholes

|