A Volkswagen planejava invadir os EUA apenas com o Passat, conhecido até o Salão de Detroit como New Midsize Sedan. Trata-se, como já se sabe, de um sedã específico para aquele mercado, que leva o nome do modelo europeu por uma questão de marketing. Com produção estimada de 150.000 unidades/ano, pretende atrapalhar a vida de Honda Accord e Toyota Camry, considerados por lá sedãs médios.

Ocorre que a VW quer mais. A montadora alemã planeja lançar um SUV de sete lugares naquele mercado, como apontam informações do site inglês AutoExpress. Ao lado do Passat, o novo utilitário seria um dos principais responsáveis pelas 800.000 unidades que a marca pretende vender em 2018 – no ano passado foram cerca de 260.000 veículos emplacados nos EUA. Opção mais barata que o Touareg, o futuro SUV seria produzido na mesma fábrica do Passat, em Chattanooga, no Tennessee.

Rodrigo Mora

|