O Waze, serviço de trânsito e navegação do Google, acaba de entrar para o ramo de serviço de compartilhamento de carros de passeio. O aplicativo Waze Rider by Waze já está disponível na Play Store do Android e na App Store do iOS, mas, pelo menos por enquanto, apenas em versão de experimental em Israel (sede da empresa).

O aplicativo funciona de um modo diferente de outros serviços, como o Uber, que é praticamente um serviço de táxi. Neste caso, os condutores não são profissionais e não podem ser remunerados, sendo que recebem apenas uma taxa nominal para cobrir o valor do combustível e outros pequenos custos.

O Waze Rider tem como objetivo estimular as caronas e, assim, diminuir o número de veículos em circulação. O aplicativo calcula os valores com base na quilometragem que será percorrida (por meio do navegador GPS) e o motorista pode aceitar ou não o passeio. Uma das regras do app é que o motorista poderá realizar apenas duas caronas por dia, sempre na “hora do rush”.

De início, o app vai funcionar em três cidades de Israel: Tel Aviv, Ra’anana e Herzliya. Ainda não se sabe, porém, se o serviço será oferecido em outros locais, como o Brasil. 

Leonardo Andrade

Leonardo Andrade |