A farsa ''Voltswagen'': VW erra o momento e piada perde a graça

Com estratégia equivocada, ''pegadinha'' da marca gerou mais transtornos do que risadas
Detalhe da identificação visual da Voltswagen nos EUA

Detalhe da identificação visual da Voltswagen nos EUA | Imagem: Divulgação

Já é de praxe diversas empresas e veículos de comunicação apostarem em brincadeiras envolvendo o Dia da Mentira (1º de abril), muitas delas bem elaboradas e divertidas. Contudo, a divisão norte-americana da Volkswagen deu um péssimo exemplo nesta semana, transformando o que poderia ser uma iniciativa engraçada em uma piada mal elaborada e fora de contexto.

Tudo começou na última segunda-feira (29), quando um comunicado para a imprensa foi rapidamente publicado pela empresa e logo após retirado do ar. A mensagem em questão sinalizava que o nome fantasia da marca na América do Norte seria substituído por “Voltswagen”, uma iniciativa para difundir a futura gama de carros elétricos que a marca vai lançar na região.

Apesar da proximidade com o Dia da Mentira, o conteúdo do primeiro comunicado sinalizava uma decisão estratégica real da empresa, tanto que a informação foi apurada e tomada como fato por diversos veículos da imprensa especializada norte-americana de grande reputação.

O pior momento na desastrada campanha da Volkswagen é que a divisão norte-americana da fabricante divulgou nesta terça-feira (30) o que seria o release definitivo sobre o assunto, incluindo aspas do presidente e CEO da subsidiária.

Notando que sua brincadeira de mau gosto havia perdido o controle, uma vez que todos os principais veículos de comunicação ao redor do mundo noticiaram o que seria a criação da “Voltswagen”, a marca emitiu um novo comunicado no fim desta terça-feira declarando que a empresa não realizará qualquer mudança no nome com o qual atua nos Estados Unidos e demais países vizinhos.

A Volkswagen of America não vai mudar seu nome para Voltswagen. A mudança de nome foi criada para ser um anúncio no espírito do Dia da Mentira”, declarou a empresa após remover o comunicado sobre a mudança de seu site de imprensa e mídias sociais.

Faltou bom senso ao time de comunicação da Volkswagen norte-americana, pois geralmente mensagens criadas com algum vínculo ao Dia da Mentira trazem anúncios exóticos, exagerados ou fantasiosos, com evidente conotação ficcional. Além disso, o que é óbvio, temas sobre o Dia da Mentira devem ser feitos no momento apropriado, portanto em 1º de abril, e não dois dias antes como a Volkswagen norte-americana realizou.

Vale lembrar que o episódio com a farsa da “Voltswagen” vai se juntar a outra atitude questionável que o time de marketing da Volkswagen promoveu recentemente. Em 2020, um videoclipe promovendo a estreia da oitava geração do Golf mostrava um homem negro sendo controlado por uma mão branca gigante. O clipe em questão, produzido pela Voltage, subsidiária do Omnicom Group Inc. sediada em Berlim, gerou críticas e tensões generalizadas na empresa. Pelo visto, bom senso não é algo que está em alta na sede da marca... 

Nota do editor: o time de conteúdo do AUTOO pede desculpas aos seus leitores por eventuais transtornos que a malfadada campanha da Volkswagen tenha causado.