Além de carros, Toyota que fazer ''cidade do futuro''

Marca quer usar terreno na base do Monte Fuji para servir como laboratório de teste de novas tecnologias
Acima perspectiva da Woven City, nome para a cidade do futuro da Toyota

Acima perspectiva da Woven City, nome para a cidade do futuro da Toyota | Imagem: Divulgação

A Toyota surpreendeu na CES, feira de de novas tecnologias que está ocorrendo em Las Vegas (EUA). Enquanto as montadoras presentes por lá mostraram conceitos e novas tecnologias automotivas, a marca nipônica anunciou a intenção de criar uma cidade. Sim, uma cidade.

O plano da Toyota é utilizar um terreno de 175 acres (708,2 mil metros quadrados) na base do Monte Fuji, em seu país de origem, para criar uma espécie de “laboratório vivo”, onde conduziria experimentos com novas tecnologias como direção autônoma, robótica, mobilidade, casas inteligentes e inteligência artificial.

Para minimizar a emissão de carbono, o plano da Toyota é de utilizar madeira como matéria prima para as construções. A energia elétrica para essa nova cidade seria provida por geradores movidos a células de hidrogênio, além de painéis solares nas casas para ajudar a suplementar a geração de energia.

Em termos de planejamento viário, a nova cidade da Toyota teria um sistema “orgânico”, com três vias integradas. A primeira delas seria para veículos convencionais, enquanto a segunda seria direcionada para dispositivos de mobilidade pessoal, como patinetes elétricos, e a terceira seria mais um parque contínuo para pedestres apenas.

Algumas restrições serão aplicadas. Nessa nova cidade, por exemplo, apenas carros 100% elétricos e com capacidade total de direção autônoma serão permitidos. Assim, os primeiros modelos que rodarão por lá serão os Toyota e-Palette, um dos modelos com capacidade autônoma que a marca projetou para as olimpíadas de Tóquio.

Os trabalhos de construção da cidade da Toyota devem ter início em 2021. Primeiramente, a cidade será composta por empregados da marca e suas famílias, aposentados, cientistas visitantes e parceiros industriais da Toyota com a expectativa de que cerca de 2.000 pessoas formem a primeira população.

Ilustração de como será a praça central em Woven City, projeto revelado pela Toyota na CES 2020
Ilustração de como será a praça central em Woven City, projeto revelado pela Toyota na CES 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!