Amplamente baseado no Argo, SUV nacional da Fiat estreia em 2021

Novidade deverá ser o primeiro de pelo menos dois modelos da marca no segmento
Projeção de Kleber Silva para o futuro SUV compacto nacional da Fiat

Projeção de Kleber Silva para o futuro SUV compacto nacional da Fiat | Imagem: Kleber Silva

Quem olha hoje a gama Fiat facilmente nota uma ausência relevante: até o momento, a fabricante é uma das raras marcas que não oferece um SUV/crossover propriamente dito em seu portfólio. Mesmo com a Jeep integrando o leque de empresas da FCA, é fato que a predileção dos consumidores é tão grande por utilitários esportivos que não dá para a Fiat deixar de surfar nessa onda.

Que a marca italiana vai entrar no segmento de SUVs isso já é um fato, sendo que, logo que assumiu o posto de principal executivo no comando das operações da Fiat Chrysler no Brasil e região, Antonio Filosa explicou que os futuros utilitários esportivos que levarão a marca Fiat na grade dianteira terão uma proposta bem peculiar dentro da FCA, preservando o foco no apelo urbano, característica que está intrinsecamente ligada à Fiat.

É por essa razão que uma das primeiras novidades entre os crossovers/SUVs compactos que a Fiat prepara terá um forte vínculo com o Argo, o atual hatch compacto da fabricante.

Conhecido como projeto 363, a novidade deverá compartilhar a mesma arquitetura do Argo, a qual mostra-se muito boa uma vez que confere ao hatch bom comportamento dinâmico, baixo nível de ruído, entre outras qualidades. Ainda é cedo para delinearmos a proposta do modelo, mas é muito provável que o SUV derivado do Argo conte com dimensões próximas às do Jeep Renegade atual, mas oferecendo um visual muito mais preocupado com o estilo e a sofisticação do que com a robustez que o primo da Jeep deve entregar, até mesmo porque o Renegade pertence a uma marca fortemente associada ao universo off-road e inclusive oferece versões com tração integral, recurso que não deverá estar presente no SUV da Fiat.

Tomando como base elementos de carros mais recentes da Fiat aqui no Brasil e ao redor do mundo, o designer Kleber Silva preparou um projeção artística sobre o que podemos esperar do SUV compacto derivado do Argo, inclusive com elementos que remetem ao hatch.

Para quem gosta da marca Fiat e não vê a hora dela oferecer um SUV, ainda será necessário ter paciência, uma vez que a perspectiva é que a novidade chegue ao mercado somente no segundo semestre de 2021. Como, até lá, a linha de produção da família Firefly Turbo estará ativa, é bastante plausível esperar que o propulsor 1.0 sobrealimentado figure como uma opção para o aguardado SUV.

Para contar com um preço mais desafiador, digamos assim, as versões mais acessíveis podem contar com o atual 1.3 Firefly aspirado sob o capô, enquanto as transmissões manual e automática CVT devem compor as opções de conjuntos mecânicos.

Considerando que as versões flex do Jeep Renegade hoje contam com um intervalo entre R$ 79.290 (versão STD) até R$ 109.990 no caso da configuração Limited 1.8 automática, os preços do SUV da Fiat devem atuar em uma faixa semelhante, talvez partindo de valores até mais convidativos com a transmissão manual (gravitando nos R$ 75.000), uma vez que hoje o Renegade chega ao mercado apenas com caixa automática.

Fiat Argo 2020
Atual hatch compacto da marca, o Argo emprestará plataforma e vários elementos para o futuro SUV com a marca Fiat 
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags