Apesar de queda em novembro, transações de usados crescem 24% em 2021

Automóveis e comerciais leves com até 3 anos destacam-se no volume de negociações
Mercado de usados segue em alta em 2021

Mercado de usados segue em alta em 2021 | Imagem: Matel

Pelo terceiro mês seguido as negociações de usados apresentaram uma ligeira queda neste ano. 

De acordo com dados recentes da Fenabrave, foi observada uma redução de 4% nas transações em novembro quando comparado ao volume registrado em outubro. O percentual refere-se ao mercado como um todo, contemplando automóveis, comerciais leves, motos, caminhões, implementos rodoviários, entre outros. 

Isolando os segmentos de automóveis e comerciais leves, a redução foi um pouco maior, atingindo 4,3% na comparação entre novembro e o mês imediatamente anterior. 

No acumulado do ano, por sua vez, as transações de veículos usados no Brasil apontam para um aumento de 24,7% em relação ao mesmo período de 2020, também considerando o mercado de forma ampla. 

O resultado do acumulado do ano mostra que as vendas de usados ainda estão aquecidas. É natural que, aos poucos, o mercado vá se reequilibrando e apresente certa volatilidade nas transações, inclusive em função da retomada gradativa do abastecimento de veículos novos. Até porque ainda persiste a baixa oferta de alguns modelos mais demandados”, pontua Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave. 

De acordo com a federação que congrega os revendedores brasileiros, entre os automóveis e comerciais leves os modelos com até três anos de fabricação corresponderam a 14,1% do total de transações de novembro. No acumulado do ano, estes veículos somam 11,9% do total.