Se os planos da Audi para o recém-lançado Q3 seguirem adiante, a versão RS do crossover deve chegar pouco depois das versões esportivas do Q5, previstas para o próximo ano. De acordo com informações da revista britânica Autocar, a marca alemã quer instalar o endiabrado motor 2.5 litros turbo de 340 cv e 46 kgfm de torque, que hoje equipa os esportivos TT RS e RS 3. Com ele sob o capo, o Q3 atenderia, provavelmente, por RS Q3.

O desejo, já confirmado publicamente pelo chefe da divisão Quattro da Audi, Stephan Reil, esbarra num problema físico: apesar de compartilhar com o A3 alguns pontos de fixação no cofre, o Q3 não consegue alojar o motor maior, que cabe naturalmente no RS 3. “Os suportes do motor estão 40 mm adiante dos anteparos no Q3 em relação ao RS 3, e por isso não podemos simplesmente encaixá-lo ali. Nós criamos algumas modificações, que ainda estamos estudando se são viáveis quando entrarem em produção”, explicou Reil.

Atualmente, o Q3 – que é produzido na Espanha – é equipado com o motor 2.0 TFSI, que vai de 170 cv a 211 cv, dependendo da versão. Outra opção é o 2.0 turbodiesel, de 170 cv. O câmbio é o S-Tronic de sete marchas e duas embreagens.

Rodrigo Mora

|