Todo mundo sabe que não é fácil construir uma boa reputação junto aos consumidores. Ainda mais quando se trata de uma fabricante de automóveis – produto com alto valor agregado e que é objeto de desejo da maioria do público brasileiro. Assim, normalmente demora muito tempo até a montadora ganhar a confiança das pessoas e fazer com que seus modelos se tornem admirados. Mas existe uma forma de acelerar esse processo: investir maciçamente em tecnologia, design, confiabilidade e, principalmente, no atendimento aos clientes.

Pois é exatamente essa a estratégia que a CAOA Chery está utilizando no Brasil para conquistar espaço no mercado. Relembrando: a Chery estreou no País em 2009, seguindo seu plano de internacionalização. O objetivo era se consolidar como uma alternativa para o consumidor brasileiro, oferecendo automóveis bem equipados a preço justo. Cinco anos depois (em 2014), a empresa inaugurou sua fábrica em Jacareí (SP), a primeira – e ainda única – planta fabril de uma montadora chinesa no Brasil. Ocupando uma área de 1 milhão de metros quadrados, a unidade é capaz de produzir 150 mil veículos por ano.

Mas foi em novembro de 2017 que ocorreu o grande fato na história da empresa, com o anúncio da associação entre a Chery e o Grupo CAOA no Brasil, que deu origem à CAOA Chery. A parceria coroou o processo de evolução e modernização que a Chery vinha implantando desde 2014, quando se associou ao grupo Jaguar Land Rover na China – que permitiu à montadora aprimorar a qualidade de seus produtos e iniciar o processo de renovação de imagem junto ao público mundial.

Os consumidores brasileiros começaram a perceber a mudança a partir de março de 2018, quando o Tiggo 2 chegou ao mercado com seu design inovador e atraente, além do já reconhecido excelente custo-benefício. O conjunto motriz é formado pelo moderno motor 1.5 16V flex, capaz de gerar 115 cv (com etanol), acoplado ao câmbio manual ou automático. Como os propulsores flex mais avançados disponíveis, o 4-cilindros do Tiggo 2 dispensa o uso de gasolina nas partidas a frio. Equipamentos como ar-condicionado, controle eletrônico de tração e de estabilidade, sensor de pressão dos pneus, central multimídia com tela de nove polegadas sensível ao toque e luzes de condução diurna (DRL) de LED, teto solar e volante multifunção são alguns dos itens disponíveis no SUV. Nem precisa dizer que o modelo foi muito bem recebido pelo público.

Muitas novidades em apenas um ano

Muita gente ficou surpresa com a quebra de paradigma que o Tiggo 2 representou e ficou ainda mais impressionada com a chegada do Arrizo 5, um elegante sedã médio dotado de motor 1.5 flex turbo, que entrega ótimos 150 cv e 19,4 kgfm, garantindo excelente desempenho em todas as situações. Esse propulsor trabalha acoplado ao moderno câmbio CVT continuamente variável com sete marchas virtuais, reconhecido por sua suavidade e conforto, além da eficiência.

O visual moderno e atraente se destaca ao primeiro olhar, mas não é o aspecto principal do Arrizo 5. Como os demais modelos da CAOA Chery, o sedã impressiona pela sofisticação tecnológica, e assim, itens como destravamento das portas por sensor de distância, partida sem chave, computador de bordo com monitor de 3,5 polegadas para o motorista, ar-condicionado automático e central multimídia com tela de 7 polegadas sensível ao toque (com câmera de ré incorporada) chamam a atenção.

 

CAOA Chery Tiggo 5X 2019
CAOA Chery Tiggo 5X 2019
Imagem: Divulgação

 

O Arrizo 5 também faz bonito em termos de segurança: controle eletrônico de estabilidade e de tração, freios a disco nas quatro rodas com sistema antitravamento ABS e distribuidor eletrônico de frenagem EBD, sistema de fixação de cadeirinhas infantis tipo Isofix e monitor de pressão dos pneus estão disponíveis no sedã, que ainda conta com um generoso porta-malas, capaz de acomodar até 430 litros de bagagem.

Não parou por aí. Seguindo sua estratégia de investir em SUVs, a CAOA Chery apresentou, ainda em 2018, os modelos Tiggo 5X e Tiggo7, construídos sobre a novíssima plataforma global da marca (T1X). Ambos se destacam pelo design jovial e atraente, além do ótimo nível de equipamentos e bom desempenho. Os dois são produzidos na fábrica do grupo localizada em Anápolis (GO) e contam com o moderno motor 1.5 flex turbo, que entrega 150 cv e 21,4 kgfm, acoplado ao câmbio automático de dupla embreagem e seis marchas, que garantem desempenho excepcional para a dupla de SUVs, assim como muita economia de combustível, exatamente como o consumidor brasileiro deseja.

O Tiggo 5X é um SUV voltado ao público jovem, que busca um utilitário versátil, capaz de enfrentar aventuras ou passeios pela cidade com a mesma desenvoltura. Além de acomodar cinco ocupantes com muito conforto, o Tiggo 5X conta com um amplo porta-malas, capaz de abrigar 340 litros de bagagem com os bancos traseiros na posição normal, ou até 1.100 litros, com eles rebatidos. De quebra, ainda há espaço adicional nas laterais do compartimento, ideais para guardar pequenos objetos.

Já o Tiggo7 é o SUV Premium da marca que oferece, além do design diferenciado, sofisticado e elegante, dimensões maiores, perfeitas para atender ao consumidor que busca uma SUV mais espaçoso e confortável para a família. Com 4,50 m de comprimento, 1,84 m de largura e excelentes 2,67 m de entre-eixos, o Tiggo7 oferece comodidade e sofisticação impressionantes.

Graças a essa estratégia ousada, a CAOA Chery não tardou a colher os frutos de seu investimento. Para se ter ideia, em 2017, a marca – que ainda não havia se associado ao Grupo CAOA – somou 3.734 unidades vendidas no País. No ano seguinte, a evolução chamou a atenção, com 8.639 modelos comercializados. E, neste ano, a CAOA Chery já contabiliza 6.922 veículos licenciados até maio (conferira em nosso ranking), confirmando o sucesso do planejamento e a consolidação da empresa como uma das maiores no mercado brasileiro.

 

CAOA Chery Arrizo 5 2019
CAOA Chery Arrizo 5 2019
Imagem: Divulgação

 

Redação

Redação |