Celta será substituído por modelo inédito em até três anos

General Motors terá modelo novo para competir no segmento de entrada com o Up!, da Volkswagen, e o projeto 344, da Fiat

Celta: sucessor terá de ser mais barato que ele | Imagem: GM

O presidente da General Motors para América do Sul confirmou à agência Estado que a Chevrolet terá um novo hatch popular para substituir o Celta dentro de três anos. O modelo já está sendo desenvolvido, mas ainda não tem fábrica definida - a empresa estuda, inclusive, uma nova planta em estados como Pernambuco, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

"Não é fácil criar um produto com a limitação de custo que queremos", disse Ardila. O projeto faz parte do novo plano de investimentos da montadora na Brasil, que compreende um período de cinco anos.

Originalmente, o Onix seria o sucessor natural do Celta, porém, com a divisão do segmento de populares em duas subcategorias - os modelos mais equipados e os chamados "pés-de-boi" -, o hatch acabou ocupando uma faixa superior a que hoje atua o Celta.

Superpopulares

Com a chegada de novos consumidores de carros zero km, os modelos de entrada tornaram-se fundamentais para dar volume às vendas das grandes montadoras. Hoje veículos como o Uno Mille, da Fiat, Ka, da Ford, e o Clio, da Renault, custam entre R$ 21 mil e R$ 25 mil e são a primeira opção de quem sai do carro usado. O Celta, mesmo rebaixado com a chegada do Onix, ainda é mais caro que eles, assim como o Gol G4, da geração anterior.

No entanto, Volkswagen e Fiat já têm projetos de superpopulares a caminho. A marca alemã fará uma versão nacional do Up!, compacto moderno que chegou à Europa recentemente. Já a Fiat decidiu construir uma nova fábrica na cidade de Goiana, em Pernambuco. Lá será feito o chamado Projeto 344, natural sucessor do Mille. Ambos os modelos têm previsão de chegada para 2014. Se a GM se apressar, é possível chegar no encalço desses rivais.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!