Chefão da VW vê autônomos nas ruas em 2025

Além da liderança em carros elétricos, marca alemã quer se tornar referência em digitalização e softwares para veículos
Volkswagen Golf elétrico em testes de condução autônoma

Volkswagen Golf elétrico em testes de condução autônoma | Imagem: Divulgação

A chegada dos carros autônomos pode estar mais próxima do que se imagina. Ainda que algumas questões legais precisem ser revistas, o CEO da Volkswagen, Herbert Diess, afirmou que espera ver carros totalmente autônomos rodando nas vias públicas entre 2025 e 2030. De acordo com à Reuters, Diess disse recentemente que as melhorias nos processadores dos veículos e os avanços na área de inteligência artificial estão acelerando o desenvolvimento de tecnologias de direção autônoma.

Diess afirmou que “é possível que em breve os sistemas sejam capazes de dominar até as mais complexas situações da direção autônoma”. O executivo assumiu a Volkswagen em 2015, saindo da BMW para o Grupo VW após o escândalo do dieselgate. A VW vai investir 73 bilhões de euros (R$ 454,3 bilhões) futuramente para desenvolver tecnologias de mobilidade elétrica e conectada.

Tal investimento também inclui a construção de uma nova empresa no Grupo VW chamada de Car.Software, cujo objetivo é criar uma softwares proprietários. O resultado deve ser incorporado no projeto Artemis da Audi, que irá usá-los em veículos autônomos. De acordo com Diess, a VW é agora um líder global em termos de plataformas e gama de veículos elétricos.

O objetivo da empresa nos próximos anos será alcançar “uma posição de liderança em software automotivo a fim de atender às necessidades das pessoas por uma  mobilidade totalmente conectada, individual e sustentável. Para isso, dobramos nossos gastos com digitalização”, segundo Diess. Nos próximos 10 anos, a VW tem uma meta de vender 26 milhões de veículos totalmente elétricos para a Europa, China e Estados Unidos, sendo que 19 milhões serão baseados na arquitetura MEB, como o VW ID.3, e os outros 7 milhões na plataforma PPE, encontrada no Porsche Taycan.

Herbert Diess, CEO da Volkswagen, a bordo do VW ID.3
Herbert Diess, CEO da Volkswagen, a bordo do VW ID.3
Imagem: Divulgação