Chinês Geely EC7 vai custar R$ 49.900

Novo sedã médio chega ao Brasil em março com motor 1.8 e uma longa lista de itens

EC7 obteve 4 estrelas no teste de segurança do EuroNCAP | Imagem: Divulgação

Prestes a iniciar suas operações no Brasil, a montadora chinesa Geely Motors anunciou nesta terça-feira (11) o preço do sedã EC7 para o mercado nacional: R$ 49.900. Esse será o primeiro produto da marca no País e suas vendas começam em março deste ano.

O Geely EC7 será oferecido em versão única com motor 1.8 a gasolina de 130 cv e transmissão manual. No segundo semestre, a marca promete lançar uma versão com motor flex e em 2015 chega a opção com câmbio automático CVT. A marca é representada pelo Grupo Gandini, que também dirige a Kia Motors no Brasil.

Avaliação: Geely tenta, mas não consegue fugir do estereótipo chinês

Como a maioria dos carros chineses oferecidos no Brasil, o EC7 chega com uma longa lista de itens de série. Os principais recursos são sensor de estacionamento, freio a disco na quatro rodas, bancos em couro, rodas aro 16” de liga leve, direção com assistência hidráulica e ar-condicionado.

O modelo de porte médio (como Honda Civic e Toyota Corolla) tem 4,64 metros de comprimento, 1,79 m de largura e 2,65 m de distância entre-eixos. Já o porta-malas comporta 670 litros. A montagem do carro é feita em Montevidéu, no Uruguai, em regime CKD (com peças importadas da China), característica que permite ao carro chegar ao mercado brasileiro isento de taxas de importação.

O segundo modelo de Geely para o Brasil será o compacto GC2, que também será montado no Uruguai para pagar menos imposto. Pela previsão da marca, o carro chega em abril repetindo a fórmula de preço competitivo aliado a uma boa lista de equipamentos.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!