Com Territory, Ford quer conquistar donos de Focus no Brasil e região

Modelo chega ao mercado em 2020 e deverá ter preços semelhantes aos do Jeep Compass
Ford Territory 2020

Ford Territory 2020 | Imagem: Divulgação

Após uma massiva reestruturação que envolveu suas operações ao redor do mundo – culminando, aqui no Brasil, com o fechamento de sua fábrica e sede em São Bernardo do Campo – a Ford procura estabelecer sua nova estratégia para o Brasil e demais mercados da América do Sul.

Durante entrevista ao jornal El Cronista, Gabriel López, presidente e CEO da Ford Argentina, deixa claro que o foco da fabricante para a região da América do Sul será o investimento em um portfólio cada vez maior de SUVs e picapes, portanto replicando para cá a decisão já tomada há um bom tempo nos EUA.

De acordo com López, modelos como o Territory deverão focar em clientes que antes optavam por carros na faixa dos R$ 100.000, como como ocorria com a extinta gama Focus produzida no país vizinho. “No caso da Territory, sabemos que os SUVs estão se convertendo cada vez mais em veículos de uso geral. Claro que os preços nessa segmentação não são os mais baixos do mercado, mas é necessário levar em conta que também temos o EcoSport com valores acessíveis. Com o fim da produção do Focus, queremos oferecer produtos no mercado que nos permitem reter essa massa de clientes que alcançava o nível de preço do Focus”, revelou.

Primeiro importado da China ao Brasil e demais mercados da região, o Territory estreará por aqui em 2020. Se for bem aceito, o SUV médio pode ser produzido na Argentina. O segmento em que ele vai atuar hoje em dia está repleto de excelentes opções, com o Jeep Compass na dianteira em vendas. Provavelmente a Ford vai apostar em um bom custo-benefício para posicionar o Territory de uma forma mais competitiva. Bem equipado, já se sabe que o modelo vai oferecer aqui no Brasil equipamentos como assistente de estacionamento, controle de velocidade de cruzeiro adaptativo, sistema de câmeras 360º, entre outros.

Caso alcance o patamar de vendas esperado pela marca, o Territory poderá abrir caminho para outros SUVs mais refinados, como é o caso da nova geração do Escape. Vale a pena relembrar que a Ford ainda tem nos planos trazer para a América do Sul o modelo derivado do "baby Bronco", como a imprensa norte-americana apelidou o SUV de proposta mais robusta. O futuro utilitário esportivo deverá ter porte médio, mas características distintas em relação à Territory e Escape, apelando para o uso fora-de-estrada. 

Além disso, segundo rumores, a Ford trabalha nos sucessores de Ka e Ka Sedan, bem como o novo EcoSport pode ser oriundo de um projeto desenvolvido em parceria com a Índia. Vamos acompanhar de perto os próximos passos da Ford na América do Sul e seguiremos reportando aqui no Autoo!

Ford Territory
Ford Territory
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags