Confirmado: Nissan Kicks recebe motor 1.3 turbo na Índia

Nova opção talvez possa chegar também ao Brasil. Na Tailândia, modelo já tem motor híbrido
Acima o Nissan Kicks oferecido na Índia: motor 1.3 turbo chega ao SUV

Acima o Nissan Kicks oferecido na Índia: motor 1.3 turbo chega ao SUV | Imagem: Divulgação

Poucos dias após apresentar o primeiro facelift para Kicks, já com motor híbrido, na Tailândia, a Nissan permanece fazendo renovações na linha de seu utilitário esportivo para os mercados da Ásia. No caso da Índia, por outro lado, há novidades sob o capô também, mas o carro, por enquanto, segue sem alterações visuais. 

Para os indianos, o Nissan Kicks agora chega ao mercado com uma alteração relevante na oferta de motores disponíveis, pensados para atender novas regras de emissões de poluentes naquele país chamadas de BS6. Com isso, o utilitário esportivo deixou de ser oferecido por lá com a opção de propulsor a diesel, mas ganhou uma alternativa movida a gasolina.

Trata-se do motor 1.3 turbo de quatro cilindros em linha que foi desenvolvido por meio de uma parceria da Aliança Renault-Nissan com a Mercedes-Benz, que o utiliza em algumas configurações do Classe A. No caso do novo Nissan Kicks indiano, esse motor turbinado e com injeção direta de combustível entrega 156 cv de potência e 25,9 kgfm de torque. 

Para o mercado indiano, O Nissan Kicks 1.3 turbo estará disponível com opções de transmissão manual de seis marchas ou automática de relações continuamente variáveis (CVT) e simulação de oito velocidades. O modelo foi homologado na Índia com um consumo combinado de combustível na ordem 15,8 km/l para o câmbio manual.

Nas configurações de entrada, o Nissan Kicks permanece usando um 1.5 aspirado de 106 cv e 14,7 kgfm, sendo o câmbio manual de cinco marchas a única opção. Com a introdução do novo modelo, essa versão 1.5 mais em conta ficou 5.000 rúpias (R$ 380) mais barato. Com esse motor, o carro será oferecido nas versões XL e XV, custando respectivamente 950.000 rúpias (R$ 72,2 mil) e 1.000.000 de rúpias (R$ 76 mil).

Com o novo motor turbo, oferecido sempre na versão XV Premium, o novo Nissan Kicks custa 1.370.000 rúpias (R$ 104,1 mil) com câmbio manual ou 1.415.000 rúpias com câmbio CVT (R$ 107,6 mil). Para comparação, o Nissan Kicks brasileiro, oferecido sempre com motor 1.6 flex de até 114 cv, tem preços variando entre R$ 81.690 e R$ 108.790.

Apesar do conjunto eficiente, alguns consumidores no Brasil hoje não cogitam a compra do Kicks por considerarem os números de potência e torque do SUV pouco animadores. Logo, uma variante 1.3 turbo por aqui certamente faria muito bem ao modelo. Já sabemos que a Renault-Nissan deve nacionalizar o motor 1.3 TCe, como é chamado, portanto é natural que ele acabe chegando aos modelos nacionais da aliança. 

Nissan Kicks 2020
Acima a gama Nissan Kicks nacional: oferta do motor 1.3 turbo por aqui seria bem interessante 
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!