Dizer de bate pronto qual é o carro mais vendido do Brasil é fácil: Onix. E saber qual é o veículo com câmbio automático mais popular do país? É o que o AUTOO revela nesse levantamento exclusivo.

O líder entre os automáticos não causa surpresa. É o Corolla, sedã da Toyota que hoje é também um dos modelos mais emplacados no Brasil, mesmo com sua tabela de preços nas alturas. Em outubro, por exemplo, ele acumulou 5.934 unidades equipadas com transmissão automática, praticamente tudo que é produzido pela marca japonesa.

Logo atrás do sedã está o Compass. O SUV médio da Jeep só é vendido com opção automática e por isso acumula um volume impressionante de quase 5 mil unidades com esse câmbio. Um pouco atrás, outro modelo bastante procurado, o HR-V, da Honda.

Mas se os três não surpreendem vale dizer que na lista dos 30 carros automáticos mais vendidos (veja abaixo) podemos tirar algumas lições. A primeira é que a transmissão automática é condição básica entre os SUVs. Seis entre os dez mais são utilitários esportivos.

Entre os sedãs a troca automática de marchas também é quase obrigatória, mas a boa notícia é que esse recurso anda popular também entre os modelos compactos. Pegue-se o exemplo do Etios sedã: ele é o modelo mais vendido da categoria com essa opção, à frente do Versa (outro que vende bem) e do Prisma, líder geral.

Mesmo entre os hatches compactos, ter câmbio automático – e aí estamos falando dos genuínos e não automatizados – faz toda a diferença. O Onix automático responde por mais de 3,2 mil unidades do total vendido em outubro. Com o HB20, o volume também é significativo: 1.342 exemplares foram emplacados com esse tipo de câmbio.

O estreante Argo, da Fiat, também vai bem: das 4,2 mil unidades vendidas nada menos que 1.184 foram das versões de trocas automáticas. No entanto, a maior parte (630) respondem pelo Argo Drive 1.3 GSR, que usa uma embreagem automatizada. É um número proporcionalmente grande, mas talvez fosse maior se a Fiat tivesse escolhido oferecer apenas a transmissão automática de seis velocidades das versões 1.8.

Sem dúvida, o melhor termômetro para o sucesso dos câmbios automáticos chama-se Etios. A versão hatch do compacto da Toyota mudou de patamar no mercado após ganhar uma versão automática acessível, com motor 1.3. Mais de 600 unidades foram vendidas dessa versão com preço de menos de R$ 52 mil, um sinal claro que o público brasileiro pegou gosto pelas trocas automáticas de marchas.

 
 
Jeep Renegade 2017
 
Jeep Renegade 2017
Jeep Renegade 2017
Chevrolet Onix 2017
 
Chevrolet Onix 2017
Chevrolet Onix 2017
Honda HR-V 2017
 
Honda HR-V 2017
Honda HR-V 2017
Fiat Toro 2018
 
Fiat Toro 2018
Fiat Toro 2018
Nissan Kicks 2018
 
Nissan Kicks 2018
Nissan Kicks 2018
Hyundai Creta 2018
 
Hyundai Creta 2018
Hyundai Creta 2018
Ford EcoSport 2018
 
Ford EcoSport 2018
Ford EcoSport 2018
Honda Fit 2018
 
Honda Fit 2018
Honda Fit 2018
Jeep Compass 2018
 
Jeep Compass 2018
Jeep Compass 2018
Toyota Corolla 2018
 
Toyota Corolla 2018
Toyota Corolla 2018
/
 
 
Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |