Em 2022, Jeep Renegade terá apenas motor 1.3 turbo, antecipa site

SUV compacto seguirá oferecendo opção de tração integral
Projeção de Kleber Silva para o Renegade 2023: novo para-choque frontal será uma das evoluções

Projeção de Kleber Silva para o Renegade 2023: novo para-choque frontal será uma das evoluções | Imagem: Kleber Silva/KDesign AG

Ao que tudo indica o Jeep Renegade passará por uma situação inusitada. Até o momento comercializado em sua linha 2021, o SUV compacto deverá “pular” um ano e estrear o modelo 2023 já no início do ano que vem.

Como amplamente noticiado, o Renegade 2023 contará com um pacote de aprimoramentos no estilo do que o Jeep Compass recebeu neste ano, com melhorias de estilo, na parte interna e, em especial, no conjunto mecânico.

De acordo com apuração do Autos Segredos revelada nesta semana, o Renegade 2023 deverá chegar ao mercado trazendo somente o novo motor 1.3 turbo com injeção direta sob o capô.

Até então era cogitado que o SUV teria como alternativa o 1.0 turbo, que fez sua estreia no Fiat Pulse recentemente.

Leia também:
Flagra confirma evoluções para o Jeep Renegade 2023 
Jeep Renegade alcança 350 mil unidades vendidas; 56% são vendas diretas 
Jeep avalia Renegade com opção híbrida-leve na Europa

Caso confirmada, a estratégia da Jeep nos parece correta, uma vez que o Renegade é um modelo bem mais pesado do que os concorrentes diretos e o torque superior do 1.3 turbo deverá cair muito bem ao SUV.

No Compass e na Fiat Toro, o propulsor 1.3 GSE entrega até 185 cv quando abastecido com etanol, enquanto o torque máximo é de até 27,5 kgfm. A calibração para o Renegade 2023, antecipa o site mineiro, deverá ser mantida.

Outro ponto importante é que, pela primeira vez, o Renegade 2023 deverá contar com o catálogo Série S em seu portfólio.

A configuração mais equipada, ao lado da Trailhawk, vai oferecer o sistema de tração integral e câmbio automático de 9 marchas.

Para as demais versões, no caso a Sport, Longitude e Limited, a transmissão será a automática de 6 marchas e a tração seguirá apenas nas rodas dianteiras, reporta o Autos Segredos.

A alteração no conjunto propulsor do Jeep Renegade ocorre em especial por conta da entrada em vigor de novas normas de emissões mais rígidas no Brasil a partir do próximo ano, o que fez diversas marcas reavaliarem seus conjuntos propulsor para alguns modelos.

Boa parte das evoluções do novo Renegade serão concentradas na cabine
Boa parte das evoluções do novo Renegade serão concentradas na cabine
Imagem: projeção de Kleber Silva/KDesign AG