Espere até março para comprar um SUV: novos Duster e Tracker estreiam em breve

Modelos devem trazer bons conjuntos e custo-benefício competitivo
Renault Duster 2021

Renault Duster 2021 | Imagem: Divulgação

Se você está decidido (a) a comprar um utilitário esportivo compacto, vale a pena aguardar mais algumas semanas antes de fechar negócio.

Enquanto a Renault confirmou a estreia do novo Duster para a primeira semana de março, a Chevrolet também já anunciou que o completamente renovado Tracker estará disponível aos seus consumidores logo no início da segunda quinzena do mês que vem.

Tanto o Renault Duster quanto o Chevrolet Tracker são modelos que prometem se destacar no segmento por qualidades diferentes.

O SUV da marca francesa, por exemplo, até hoje conta com um excelente porta-malas de 475 litros, capacidade volumétrica que nenhum rival até o momento conseguiu superar. Outro ponto positivo do Duster – e que lhe torna uma boa opção de automóvel familiar – é o bom espaço interno. Como o novo Duster não terá nenhuma mudança de plataforma, tudo leva a crer que o SUV compacto vai preservar esses dois atributos importantes.

O mais importante no caso da renovação para o Duster é a estreia sobretudo de um interior mais aprimorado, com um visual retrabalhado, a escolha de melhores materiais e, em especial, ganhos consideráveis na ergonomia.

A previsão é que o novo Duster 2021 chegue ao mercado inicialmente com as opções de câmbio manual ou automático CVT, ambos trabalhando com o motor 1.6 16V. Logo na época do lançamento o novo Duster também deve estrear mantendo uma configuração específica para o público PcD. Mais para o fim do ano é aguardado o lançamento do Duster 1.3 turbo, que deverá também oferecer tração integral. Ela deverá ser outra excelente pedida para o modelo nacional.

Partindo para a segunda quinzena de março, o aguardado Chevrolet Tracker 2021 vai chegar ao mercado prometendo esquentar ainda mais o segmento de SUVs. Com a mesma plataforma (GEM) de Onix e Onix Plus, o grande atributo da novidade deverá residir no custo-benefício. Assim como ocorre com o hatch e o sedan, o novo Tracker deverá oferecer, por exemplo, 6 airbags e os controles de tração e estabilidade como itens de série.

O novo Tracker contará com as opções de motores 1.0 e 1.2, ambos turbo, bem como a transmissão manual associada apenas ao propulsor de menor deslocamento como a configuração de entrada do SUV. As demais versões do Tracker 2021 deverão contar apenas com a transmissão automática de 6 marchas, incluindo aí, obviamente, a opção destinada ao público PcD. A variante para compra com isenção deverá ser disponibilizada a partir do lançamento do novo Tracker.

Logo, como é possível notar, Tracker e Duster prometem ser duas ótimas opções dentro do universo cada vez mais competitivo dos SUVs compactos. Se você deseja um modelo desta classe, vale a pena esperar mais alguns dias antes de fechar negócio!

Renault Duster 2021
Renault Duster 2021
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!