Estudo aponta que 20% dos motorista usam o celular ao volante

Número salta para 50%, se levado em consideração a faixa etária entre 21 e 24 anos

Uso do celular ao volante aumentou 50% nos EUA, diz NHTSA | Imagem: Getty Images

O ato de dirigir e usar o celular para fazer uma ligação, enviar um SMS ou ainda navegar pela internet não é algo que ocorre apenas no Brasil. Um estudo feito pelo NHTSA (National High Traffic Safety Administration), órgão que administra a segurança das rodovias nos Estados Unidos, concluiu que cerca de 20% dos motoristas usam tais recursos do telefone móvel enquanto dirigem seus carros, um aumento de 50% em relação ao ano anterior.

Se levado em consideração a faixa etária entre 21 e 24 anos (parcela de motoristas que mais infringem as leis nos EUA), o número salta para 50%.

Veja também: Carro brasileiro equivale em segurança a modelos europeus de 1990

"Os resultados dessa pesquisa nos ajuda a entender porque algumas pessoas continuam a desviar sua atenção para outra coisa quando estão dirigindo, mas o que é mais evidente é que a distração do condutor continua a ser um grande problema", explica David Strickland, administrador do NHTSA.

Ainda de acordo com a instituição, cerca de 1% dos motoristas, no geral, admitiram olhar para o celular enquanto estão ao volante.

Nos EUA, 39 estados já implantaram leis que proíbem o uso de telefones celulares pelos condutores enquanto o veículo estiver em movimento. Durante o ano de 2010 ocorreram aproximadamente 3,1 mil acidentes rodoviários naquele país, e na maioria deles os motoristas se distraíram ao volante, apontou o NHTSA.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!