Os proprietários da Ferrari F430 Spider, um belo conversível baseado no cupê F430, começarão a receber um comunicado da fábrica um tanto inusitado: o recall de seus veículos. Problema típico de carros mais populares, até mesmo o esportivo sofre com defeitos de projeto e fabricação.

No caso da F430, o defeito está no acionador do teto retrátil. Como os pistões ficam muito próximos do motor (localizado na parte traseira do carro), há sinais de fissuras neles, possibilitando o vazamento de óleo. Resultado: um incêndio não é uma hipótese improvável.

O alerta foi dado pelo NHTSA, órgão norte-americano equivalente ao nosso Denatran. Segundo ele, a Ferrari instalará uma placa isolante no local para evitar que o calor atinja o pistão.

Os modelos envolvidos no recall – um total de 1 950 unidades - foram fabricados entre 2005 e 2007. O Brasil deve ter uma frota pequena da F430 Spider, que também terão de passar pela correção.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/