Fiat deverá inovar mais uma vez com a Strada 2021

Modelo deverá trazer uma nova proposta para o segmento do qual é o líder; estreia será em 2020
Acima a projeção artística de Kleber Silva para a nova geração da Fiat Strada

Acima a projeção artística de Kleber Silva para a nova geração da Fiat Strada | Imagem: Kleber Silva/Autoo

Com sinais internos mais favoráveis para a economia, aos poucos a indústria automotiva se sente segura para apostar naquilo em que mais precisa para ter sucesso em qualquer mercado: um fluxo constante de bons lançamentos.

A partir deste semestre teremos uma boa prova disso, com as estreias do inédito Chevrolet Onix Sedan, o Hyundai HB20 completamente renovado, a 12ª geração do Toyota Corolla, entre tantas outras excelentes novidades.

Partindo para 2020, talvez uma das estreias mais aguardadas será a nova geração da Fiat Strada. Seja pelo bom custo-benefício, sua grande variedade de versões para trabalho, entre outros atributos, a picape compacta é não só a líder em vendas do segmento como o comercial leve mais emplacado do Brasil. Uma prova de que a marca italiana sabe entender e trabalhar como poucas o segmento de picapes aqui no país é o fato de que a Fiat também conseguiu uma fórmula de sucesso para um segmento acima, no caso com a compacta-média Toro.

Até onde se sabe, em especial analisando alguns protótipos flagrados recentemente, a nova Strada 2021 deverá mexer bem com a categoria de picapes compactas em especial ao adotar uma tamanho mais condizente, por assim dizer, para sua opção de cabine dupla. Com isso, a variante vai contar com 4 portas e capacidade para acomodar 5 adultos, o que significa um ganho considerável em versatilidade e conforto a bordo.

A ideia de uma picape compacta para 5 pessoas, como é o caso da nova geração da Strada, é muito interessante uma vez que combina um bom espaço para passageiros com um compartimento de carga versátil e amplo, superando, em termos de volume, o que muitos sedans compactos são capazes de acomodar em seus porta-malas. Além disso, no caso de uma picape, você tem bem mais facilidade para acomodar objetos maiores como uma bicicleta, entre outros.

Segundo alguns rumores, a Strada atual deverá permanecer em linha sobretudo nas configurações para trabalho, uma vez que seu preço é muito competitivo. De qualquer forma, a nova geração deverá trazer uma opção cabine simples.

De forma exclusiva para o Autoo, o designer Kleber Silva preparou duas projeções que adiantam o que podemos esperar para a nova Strada 2021 em termos de design. Na dianteira, elementos de Argo e Mobi devem se misturar para preservar a identidade visual mais recente da Fiat, porém de uma forma que confira à Strada 2021 mais robustez. Como a picape deverá crescer em relação ao modelo atual, as proporções deverão ficar bem interessantes na picape definitiva.

Mecanicamente, uma grande aposta da Fiat para a nova Strada deverá ser a combinação entre o competente motor 1.3 da família FireFly com uma opção de caixa automática (CVT ou convencional de 6 marchas, ainda sob decisão por parte da marca). Enquanto a nova gama de propulsores turbo, é bem possível que a opção aventureira da nova Strada siga com o motor 1.8 E.torQ sob o capô, talvez também como uma opção automática.

Ainda será necessário ter um pouco de paciência, uma vez que a nova Fiat Strada deverá chegar ao mercado apenas no fim do primeiro trimestre de 2020 (março é uma boa aposta). Contudo, se você é fã de picapes compactas ou simplesmente procura um modelo mais versátil, vale a pena ter um pouco de paciência. Pela singularidade do projeto e a melhoria profunda em relação à Strada atual, a nova geração da picape deverá ser um produto muito interessante e a espera pode ser recompensada.

 

Acima a projeção artística de Kleber Silva para a nova geração da Fiat Strada
Acima a projeção artística de Kleber Silva para a nova geração da Fiat Strada
Imagem: Kleber Silva/Autoo

 

 

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!