Ford Ranger ultrapassa S10 e é a nova vice-líder entre as picapes médias

Modelo fabricado na Argentina só está atrás da conterrânea Toyota Hilux, fato raro nesse segmento
Ford Ranger 2022

Ford Ranger 2022 | Imagem: Divulgação

Os altos e baixos causados pela pandemia no mercado de veículos novos provocaram uma mudança no ranking de picapes médias que seria impensável em outros tempos. A Chevrolet S10 acaba de perder a vice-liderança para a Ford Ranger em 2021.

Segundo dados preliminares de março, a picape da Ford já teve quase 2,1 mil emplacamentos enquanto a S10 não chegou a 1,2 mil unidades vendidas. A larga diferença permitiu que a Ranger acumulasse até esta segunda-feira (29) 5,3 mil veículos emplacados contra 5,29 mil da Chevrolet.

Trata-se do maior volume de vendas da Ranger neste ano e muito perto dos números do final de 2020. A picape, inclusive, acaba de ganhar uma nova versão, a Ranger Black, com acabamento todo em preto e preço bastante chamativo, de R$ 180 mil para um modelo movido a diesel.

Por outro lado, a Chevrolet tem sofrido com problemas com fornecimento de componentes que talvez tenham afetado a produção da picape também – em janeiro, a S10 havia emplacado 2,5 mil unidades, mais do que o dobro de março. Sem dúvida, o mau momento da montadora ajudou a concorrência a se aproximar, algo que também ocorre com o Onix.

Chevrolet S10 2021
Chevrolet S10 2021
Imagem: Divulgação

Em busca da retomada

Para a Ford, ver a Ranger em 2º lugar é uma rara notícia positiva desde que a empresa decidiu de forma drástica encerrar a produção de veículos no Brasil. Sem os compactos Ka, Ka Sedan e EcoSport, as vendas da montadora despencaram desde então, afetando até modelos importados.

A exceção, agora, é justamente a Ranger, que é produzida na Argentina há décadas. A fábrica de Pacheco, inclusive, receberá investimentos para fabricar a nova geração da picape média em 2022.

O otimismo talvez dure pouco, à medida que a Chevrolet retome o ritmo de produção. Enquanto isso, a líder Hilux segue imbatível, já com 8,8 mil unidades vendidas em território nacional.