Ford reduz os preços de Focus e Fusion

Redução nos preços dos modelos varia de R$ 2.000 chegando até R$ 6.000
Ford Focus 2017

Ford Focus 2017 | Imagem: Divulgação

Boa notícia envolvendo a gama de médios e de luxo da Ford. A marca anunciou nesta semana um “realinhamento” para os modelos Focus hatch, o sedã Focus Fastback e o sedã médio-grande Fusion. Os veículos contarão com uma redução de valores que irão de R$ 2.000 a R$ 6.000. A marca também oferece uma condição especial de financiamento para o trio, com taxa zero e saldo em 24 parcelas.

No caso do Focus hatch, a versão SE com motor 1.6 parte agora de R$74.600, uma redução de R$ 2.600. A versão SE Plus 2.0 automática, versão mais procurada dentro da gama Focus, é a que teve maior variação (de R$ 6.000) e agora passa a custar R$ 89.900. Nas versões Titanium e Titanium Plus, a queda foi de R$ 4.000. Elas agora conta com preço sugerido de, respectivamente, R$ 100.900 e R$ 106.900.

O sedã Focus Fastback, por sua vez, agora parte de R$ 81.900 na versão SE 2.0 automática, que significa uma redução de R$ 4.090. Ela traz de série o motor 2.0 de 178 cv, rodas de liga leve aro 17”, controle de estabilidade, tração e curvas, assistente de partida em rampa, monitoramento de pressão dos pneus e sistema de conectividade SYNC, entre outros equipamentos.

A versão SE Plus 2.0 automática, a mais vendida para o sedã, passa a custar R$ 89.900 (diferença de R$ 5.940). A versão Titanium sai por R$ 99.900 e a Titanium Plus, por R$ 105.900, ambas com uma redução de R$ 4.940. Considerando todas as opções do Focus Fastback, a redução média é de R$ 5.000.

Vale a pena lembrar que as versões automáticas do Fusion contam com o problemático câmbio de dupla embreagem, que infelizmente não traz um retrospecto muito bom no Brasil. A Ford, contudo, alega que já solucionou os problemas envolvendo a transmissão.

Partindo para o Fusion, modelo que lidera o segmento dos sedãs de luxo no Brasil, contou com uma redução de R$ 4.800 na versão de entrada 2.5 flex, que agora parte de R$ 119.900. O preço que compete com vários modelos do segmento de sedãs médios, com a vantagem de oferecer mais espaço interno, conforto, sofisticação e status.

Nas versões com motor 2.0 EcoBoost (turbo e injeção direta), o Fusion ficou com preço R$ 2.800 menor e ganha ainda mais apelo comercial. A versão SEL 2.0 custa agora R$ 125.900 e a topo de linha Titanium AWD (com tração integral) sai por R$ 155.900, ampliando sua vantagem, por exemplo, em relação aos competidores alemães do segmento de luxo. O Fusion Hybrid teve o preço reduzido para R$ 160.900 e, além de combinar os motores a eletricidade e a gasolina, traz também tecnologias semiautônomas avançadas como controlador de velocidade adaptativo com função “stop & go”, alerta de colisão com assistente autônomo de frenagem, assistente autônomo de detecção de pedestres e estacionamento automático de segunda geração.