Com novo presidente, GM reitera investimentos no Brasil e região

Executivo com larga experiência na América do Sul substitui Carlos Zarlenga
Projeção de Kleber Silva para a nova geração da Chevrolet Montana

Projeção de Kleber Silva para a nova geração da Chevrolet Montana | Imagem: Kleber Silva/KDesign AG

Notícia importante envolvendo as operações da GM na região. A fabricante anunciou nesta terça-feira (31) a nomeação de Santiago Chamorro para o cargo de presidente da GM América do Sul. O executivo substitui Carlos Zarlenga, que deixou a montadora na semana passada. 

Chamorro está há 27 anos na GM, onde já ocupou as posições de presidente da GM Colmotores na Colômbia e foi gerente-geral de vendas, serviços e marketing da GM América do Sul. Aqui no Brasil, Chamorro já foi CEO da empresa. O profissional ocupava até então o posto de vice-presidente da GM Global Connected Services. 

Em comunicado, a GM destaca que as prioridades para a gestão de Chamorro “serão a implementação de investimentos-chave e o aumento da produção para atender à demanda dos clientes”. 

Com isso, a empresa reafirma seu compromisso com projetos relevantes para suas operações no Brasil, como o lançamento da nova geração da Montana, o desenvolvimento da sucessora da Chevrolet S10 nacional, entre outros. 

"Santiago tem um profundo conhecimento de nossos mercados sul-americanos, bem como um forte relacionamento com nossa organização global. Isso o posiciona muito bem para continuar a conectar os negócios na América do Sul com a visão global de futuro da GM”, analisa Steve Kiefer, vice-presidente sênior da GM e presidente da GM Internacional, executivo ao qual Chamorro vai se reportar em suas novas atribuições. 

Santiago Chamorro, novo presidente da GM América do Sul
Santiago Chamorro, novo presidente da GM América do Sul
Imagem: Divulgação