A necessidade de viabilizar mais rapidamente a mobilidade sustentável gera parcerias inusitadas. Há dois dias, Ford e Toyota se juntaram para desenvolver tecnologias híbridas, que devem se tornar mais populares, segundo o desejo de ambas, a partir do ano que vem. Agora quem anuncia uma união curiosa é a General Motors.

A montadora norte-americana assinou um acordo com a sul-coreana LG – que já lhe fornecia as baterias usadas no Chevrolet Volt e no sósia Opel Ampera – para a produção de veículos elétricos. As empresas, no entanto, não revelaram datas de estreia ou detalhes dos primeiros modelos, e disseram apenas que “o lançamento dos primeiros veículos resultantes da parceria será anunciado mais perto de sua preparação para o mercado”.

O acordo foi assinado pelo CEO da General Motors, Dan Akerson, e o CEO da LG, Juno Cho.

Rodrigo Mora

|